São objetivos nucleares desta disciplina: (1) o estudo paralelo de exemplares textuais autênticos dessas duas tipologias, na língua estrangeira (o alemão) e na língua vernácula (o português do Brasil), a partir do qual se podem inferir características léxico-semânticas, morfossintáticas, textuais e discursivas próprias das tipologias enfocadas nas duas culturas; e (2) chamar a atenção para discrepâncias conceituais, ditadas por normas e convenções culturais distintas, entre exemplares de textos paralelos, em alemão e em português, dessas tipologias. A fase de tradução propriamente dita constitui uma terceira etapa na seqüência didática, subseqüente à identificação e solução de possíveis problemas de compreensão e - por decorrência - de tradução.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP