• Exp 2

    Ótica ondulatória - computador ótico


    Nesse experimento vamos continuar o estudo dos fenômenos ondulatórios da luz. Vamos retomar o estudo de interferência e difração, para introduzir noções de óptica de Fourier, tratando a figura de difração como sendo a transformada de Fourier do objeto iluminado.  Vamos estabelecer que esta transformada de Fourier se dá no campo e não na intensidade. O objetivo final é fazer uma aplicação desses conceitos e  montar um sistema de lentes conhecido como computador óptico. Neste experimento veremos, de forma semi-qualitativa, como a imagem do plano focal de uma lente corresponde à figura de difração de um objeto colocado no foco desta lente. Por conta da figura de difração estar diretamente relacionada à transformada de Fourier, podemos utilizar esta imagem para manipulação no espaço de frequências. Uma outra lente efetua a transformada inversa de Fourier.


    Objetivos do experimento

    1. Investigar, com um pouco mais de detalhes, a natureza ondulatória da luz através do estudo da difração e interferência, em particular a difração de objetos bidimensionais.
    2. Estudar a difração como uma transformada de Fourier.
    3. Construir um computador ótico.