Este curso pretende introduzir a/os discentes ao universo dos estudos sociais sobre a quantificação. Reunindo contribuições da sociologia, história social, antropologia e dos estudos sociais da ciência e da tecnologia, este curso aborda a produção e comunicação de números em sociedade, o desenvolvimento de formas de cognição e competências neles baseadas, os debates, usos e impactos de números em múltiplos domínios da vida social.

A quantificação e, portanto, também este curso, incluem em seu escopo, além dos algarismos, todas as formas de mensuração quantitativa de realidades e futuros de fenômenos sociais: estatísticas, índices, rankings, análises de probabilidades e risco, projeção de cenários futuros e suas formas de comunicação e visualização. Números traduzem propriedades singulares ou incomensuráveis em quantidades, são instrumentos de apreensão, mensuração e comparação (classificação) de fenômenos. Eles têm sido frequentemente associados a qualidades como objetividade e eficiência e, por isso, utilizados para múltiplas finalidades públicas (sociais, políticas e econômicas), frequentemente associados a qualidades como objetividade e eficiência, sempre requerendo trabalhos de produção, validação e difusão. Esses diferentes usos e suas consequências, incluindo a prática das ciências sociais, além dos processos de emergência e expansão da quantificação na sociedade são os temas recobertos neste curso, por meio de abordagens históricas e análises empíricas que situam práticas calculativas.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP