• A disciplina tem por objetivo explorar os “usos” do pensamento de Antonio Gramsci por intérpretes da realidade brasileira a partir de meados dos anos 1960 até o início dos anos 2010. Trata-se de uma disciplina de história do pensamento político voltada para o processo particular de utilização de expressões, noções e conceitos gramscianos (ou atribuídos a Gramsci) por intelectuais brasileiras/os em tentativas de explicar a formação e desenvolvimento nacional, as relações sociais, políticas e culturais por aqui estabelecidas, bem como seus impasses e crises.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP