A disciplina Tópicos em Sociologia e Questão Racial tem o intuito de propiciar aos alunos um debate sociológico acerca da questão racial com perspectivas nacionais e internacionais.  Os textos selecionados analisam teoricamente a questão sendo indicados estudos e pesquisas realizadas nesta área de investigação. Nesta versão da disciplina, a ênfase será o debate sobre o feminismo negro.  A abordagem do tema será de caráter introdutório e histórico dando destaque às autoras e ao debate nacional.

 O curso está organizado em três partes:

 

Parte 1: Aportes teóricos e debate internacional

Parte 2: Feminismo e feminismo negro no Brasil: História e debate

Parte 3: Feminismo negro contemporâneo

 

Parte 1: Aportes teóricos e debate internacional

 

1.1 Por que refletir sobre raça e gênero? Qual a interface com classe?

1.2. Mulheres, raça e classe,  por Ângela Davis

1.3. Interseccionalidade, por Kimberle Crenshaw

1.4. Pensamento negro feminista, por Patricia Hill Collins

 

Parte 2: Feminismo e feminismo negro no Brasil: História e debate

 

2.1. Introdução

2.2 Lélia Gonzalez: biografia e trajetória

2.3. Sueli Carneiro biografia e trajetória

2.4. Feminismo negro e saúde reprodutiva

2.5. A estratégia do feminismo negro: conexão afro-latino-americana

2.6. Os desafios do feminismo negro:  a participação no estado brasileiro

 

Parte 3: Feminismo negro contemporâneo


3.1. Feminismo negro contemporaneo: o que nos diz a nova geração?

3.3 Interseccionalidade à brasileira.

3.3 Feminismo negro: participação  x representação

3.4 Vozes insurgentes de mulheres negras: mesa redonda

 


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP