O objetivo do curso é estudar o contexto histórico da colonização da América a partir de elementos que permitam caracterizar os principais processos de formação da sociedade colonial e as suas dinâmicas de reprodução. Tal estudo visa subsidiar a atividade intelectual autônoma do estudante, preparando-o para exercer a atividade docente e de pesquisa.

Para atingir estes objetivos, serão abordados os principais temas da história colonial da América: partindo do período anterior à descoberta, serão apresentados aspectos relacionados (a) à conquista, (b) à demografia, (c) às formas de exploração do trabalho indígena e ao tráfico e escravidão africanos, (d) à organização econômica, política e administrativa das sociedades coloniais, (e) às missões religiosas, (f) às reformas bourbônicas e (g) às revoltas coloniais, mas também (f) às heranças do período colonial (divisão internacional do trabalho no mundo contemporâneo; limites da democracia e Estado multiétnico). O estudo destes temas será feito por meio da apresentação dos principais debates historiográficos a eles respeitantes, quando o estudante será estimulado a identificar e confrontar as principais linhas de interpretação sobre a colonização da América e os seus objetos de pesquisa, discernindo suas premissas teóricas, seus procedimentos metodológicos e suas implicações políticas e ideológicas. A ênfase do curso, contudo, residirá no estudo das fontes históricas pertinentes aos temas da organização político-jurídica da sociedade colonial e dos sistemas de trabalho: cartas, crônicas, tratados, leis e ordenanças. As discussões coletivas desses textos serão sempre complementadas por orientações metodológicas e bibliográficas.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP