Levar os alunos à compreensão do desenvolvimento do capitalismo no Brasil, a partir da sua inserção subordinada na divisão internacional do trabalho como economia agroexportadora, a crise e superação do modelo primário-exportador e a transição para uma economia industrial. Oferecer aos alunos subsídios para a compreensão das especificidades da industrialização brasileira, seus desafios e fragilidades, procurando apresentar o debate em torno das opções assumidas pelos tomadores de decisões em suas várias fases, bem como antecipar os elementos para uma reflexão dos impasses colocados à economia brasileira a partir da reversão cíclica e estrutural dos anos 1980/1990.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP