Produção Vegetal
Capacitar o futuro profissional a implantar e manejar sistemas de cultivo de hortaliças de flores, folhas e frutos.
a) Estudar as características e, principalmente, as limitações do agroecossistema ou ecossistema agrícola. b) Apresentar, analisar e discutir os fatores envolvidos no estabelecimento de sistema de produção. c) Discutir critérios relativos à adequação, auto-sustentação, diversificação e integração de sistemas de produção. d) Discutir a potencialidade e a importância do emprego de sistemas de produção adequados às condições ambientais e sócio-econômicas reinantes, mediante o estudo analítico de modelos estabelecidos.
Proporcionar aos alunos conhecimentos de natureza básica e aplicada sobre as técnicas de produção vegetal da cana-de-açúcar, de maneira a capacitá-los no reconhecimento e diagnóstico de problemas relacionados à produção, visando à adoção de medidas que resultem em maior eficiência técnico-econômica do sistema de produção vegetal.
Transferência das informações relacionadas à Tecnologia de Sementes, considerando a legislação básica, as técnicas para a produção das sementes em campo e após a colheita, tais como o beneficiamento, o tratamento das sementes, a conservação e os métodos para a avaliação da qualidade das sementes, além do conhecimento básico das máquinas, equipamentos e demais técnicas aplicáveis para a produção das sementes, independentemente da espécie vegetal.
Fornecer aos alunos os conhecimentos necessários para o desenvolvimento de atividades profissionais na área de Horticultura, com ênfase à propagação de plantas, planejamento e implantação de pomares, e manejo de fruteiras. Estas informações, além de essenciais para o currículo profissional do Engenheiro Agrônomo, também são necessárias para aqueles alunos que desejarem cursar disciplinas mais avançadas (optativas) na área de fruticultura.
Proporcionar aos alunos conhecimentos de natureza básica e aplicada sobre as técnicas de produção das principais plantas oleaginosas de ciclo anual, de maneira a desenvolver o raciocínio crítico quanto às tecnologias atualmente disponíveis aos produtores e capacitá-los no reconhecimento de problemas relacionados à produção, visando a adoção de medidas que resultem em maior eficiência técnico-econômica do sistema de produção vegetal, com maior ênfase para as culturas de soja, amendoim e girassol. Visa também, educar os alunos na adoção e interpretação da nomenclatura técnica inerente aos agronegócios das plantas oleaginosas.
Fornecer aos alunos informações sobre a biologia das plantas daninhas e as interferências que causam as plantas cultivadas. Essas informações serão utilizadas no manejo integrado das plantas daninhas nas diferentes culturas agrícolas e outras áreas de interesse.
Dar noção básica dos sistemas de produção, bem como dos mercados das principais hortaliças e plantas ornamentais, bem como introduzir os futuro agrônomo, em suas atribuições profissionais sobre paisagismo, parques e jardins
Fornecer informações sobre a biologia e ecofisiologia das plantas daninhas relacionadas com dormência de sementes e germinação, morfologia, fisiologia do crescimento, competitividade, e biologia da reprodução das plantas. Discutir conceitos de biologia das populações, tais como dinâmica do banco de semente para espécies anuais e órgãos de reserva subterrâneos, dormência e longevidade dos dissemínulos e à partir destes conceitos modelar predições da infestação de plantas daninhas, com o objetivo de elaboração de estratégias de manejo sustentável. Assim, estas informações e conceitos poderão ser utilizadas na racionalização do manejo integrado das plantas daninhas em agroecossistemas, através do emprego dos diversos métodos e tecnologias de controle empregadas na agricultura moderna. Avaliar a influência dos principais fatores ambientais, culturais e das práticas de manejo na pressão de seleção de biotipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. Discussão dos principais parâmetros que devem ser avaliados na elaboração de um planejamento de manejo das plantas daninhas. Desenvolvimento crítico de análise de trabalhos científicos na área da Ciência das Plantas Daninhas.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP