Produção Vegetal
Fornecer informações sobre a biologia e ecofisiologia das plantas daninhas relacionadas com dormência de sementes e germinação, morfologia, fisiologia do crescimento, competitividade, e biologia da reprodução das plantas. Discutir conceitos de biologia das populações, tais como dinâmica do banco de semente para espécies anuais e órgãos de reserva subterrâneos, dormência e longevidade dos dissemínulos e à partir destes conceitos modelar predições da infestação de plantas daninhas, com o objetivo de elaboração de estratégias de manejo sustentável. Assim, estas informações e conceitos poderão ser utilizadas na racionalização do manejo integrado das plantas daninhas em agroecossistemas, através do emprego dos diversos métodos e tecnologias de controle empregadas na agricultura moderna. Avaliar a influência dos principais fatores ambientais, culturais e das práticas de manejo na pressão de seleção de biotipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. Discussão dos principais parâmetros que devem ser avaliados na elaboração de um planejamento de manejo das plantas daninhas. Desenvolvimento crítico de análise de trabalhos científicos na área da Ciência das Plantas Daninhas.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP