Programação

  • Aulas 1 e 2 - [ 3 de março ]

    Apresentação dos objetivos, programa, e modo de funcionamento da disciplina.

    Discussão do tema Desenvolvimento sustentável. (Slides 1)



    • Aulas 3 e 4 - [ 17 de março ]

      Em atendimento às orientações da Universidade, a aula de hoje será não presencial, e utilizará apoio do Sistema Moodle USP.


      O tema de hoje:  “Saneamento ambiental – Resíduos Eletroeletrônicos. Impactos, gerenciamento e desafios.”

      Esta aula abordará a questão dos resíduos sólidos, com foco nos resíduos eletroeletrônicos. Para fomentar a reflexão dos alunos sobre padrão de consumo e produção e geração de resíduos, será utilizado o filme “A história das coisas”.

      Além do video, será utilizado um PODCAST e texto base para leitura. Mas claro, o aluno deve também buscar material de leitura complementar, para contribuir no desenvolvimento do relatório do dia.

      Também teremos o Fórum do dia para discussão de aspectos gerais e dúvidas.

      Atividades de hoje: As atividades são individuais, e todos devem fazer o upload do relatório no sistema Moodle.

       O prazo limite para entrega da tarefa foi prorrogado para 13 de abril.




      1- Assistir ao Vídeo:  “A história das coisas”.  Acesso no site https://www.youtube.com/watch?v=7qFiGMSnNjw

      2. Leitura do texto (páginas 33 a 44; em anexo) : RAISSA SILVA DE CARVALHO PEREIRA. LOGÍSTICA REVERSA DE RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS: PROPOSTA DE INDICADORES DE MONITORAMENTO PARA ÓRGÃOS AMBIENTAIS. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Saúde Pública da USP. 2018.


      3. Ouvir o PODCAST do Jornal da USP: Descarte e reúso de resíduos eletrônico. O remanufaturamento desse “lixo” é uma questão de sustentabilidade   (link: https://jornal.usp.br/radio-usp/radioagencia-usp/descarte-e-reuso-de-residuos-eletronicos/)


      4. Elaborar relatório sucinto, respondendo às seguintes perguntas: (a) Com relação ao vídeo e ao Texto da Dissertação (páginas indicadas) : (a) Como você vê as externalidades negativas que são geradas pelo consumo exagerado? Como isto se dá no contexto dos Resíduos Eletroeletrônicos? Qual o papel do governo e empresas para repensar este modelo de produção e consumo? Como isto reflete nas suas escolhas na vida profissional e individual? Explique.  (b) Com relação ao PODCAST: Qual a sua opinião sobre a experiência do CEDIR - USP e as sugestões da Profa Tereza Cristina Carvalho, da Escola Politécnica da USP? Justifique. Como esta experiência pode ser ampliada para outras universidades? Justifique. 


      Ao final do Relatório, destacar o tempo total que vc levou para realizar a atividade completa (itens 1 a 4), para ajudar no adequado planejamento da disciplina.



    • Aulas 5 e 6 - 31 de março

      * Apresentação de slides:  Empresas e Sustentabilidade

      * Orientações para o projeto aplicado da disciplina


      Utilizaremos o Google Meet:
      Link:
      https://meet.google.com/prc-dqyu-apt


      Atividade da aula do dia 31 de março de 2020

      • Em relação ao Caso da Empresa Natura:

      1.Comente e justifique sobre o Programa Carbono Zero que a empresa vem desenvolvendo há mais de uma década. Caracterize as interfaces que o Programa apresenta para as dimensões ambientais, sociais e econômicas.
      2.O uso de painéis fotovoltaicos para geração de energia é uma solução adequada no longo prazo? Discuta esta questão pensando o ciclo de vida total (do berço ao túmulo) do “painel solar”. O que a empresa Natura pode e deve fazer em relação a esta questão?
      ( tarefa individual a ser entregue até 9 de abril de 2020)

      - Video: Natura é a empresa sustentável do ano

      - Video: case Natura Sou

      - Video Natura Carbono Neutro

      Links dos videos da Natura para apoio às atividades da aula:

      https://www.youtube.com/watch?v=WN-_4foe9bE

      https://www.youtube.com/watch?v=F5MaFipe8-E&feature=youtu.be

      https://www.youtube.com/watch?v=Lm8REPMhSvc

      Tarefa: atividade referente à aula do dia 31 de março está com prazo de entrega prorrogado para 13 de abril.













    • Aulas 7 e 8 - 14 de abril

      Reunião de orientação dos grupos

      (20 mins cada 2 grupos)

      Grupos 1 e 2 - 16h20 - 16h40

      Grupos 3 e 4 - 16h40 - 17h00

      Grupos 5 e 6 - 17h00 - 17h20

      Grupos 7 e 8 - 17h20 - 17h40

      Grupos 9 e 10 - 17h40 - 18h00


      Utilizaremos o Google Meet:
      Link:
      https://meet.google.com/prc-dqyu-apt

      Grupo 1  
      9806717 Alisson Lovatto
      9313631 Francisco Ambrosio Garcia
      9368848 Jaime Cuesta Junior
      9313516 Larissa Magalhães Lima
      9039312 Victor de Mattos Arzolla
         
      Grupo 2  
      10352072 Brenda Jacomelli
      10377740 Lais Santos de Lima
      10310846 Lucas Jose da Costa
      10310770 Otavio Cunha da Silva
      10311002 Sofia Gelio da Silva
         
      Grupo 3  
      10311041 Julia Reis Céu
      10351985 Beatriz Yamamoto Teodoro
      10310954 Rodrigo de Abreu Boni
      9313180 Gabriel Nicolas Barros Leal
      10310398 Luiz Gustavo Martins
         
      Grupo 4  
      9299615 Bianca Barateli
      8121177 Gabriela Barbieri Alvarez
      9807103 Karina Yumi da Cruz
      9313270 Marcela Alves Módolo
      9313815 Isadora Zuccolotto Poggi Corrêa
         
      Grupo 5  
      9021372 Cesar Yudi Kuramoto
      10377604 Vítor dos Reis
      10310825 Lucas Rosa Santos
      10310620 Eduardo Reis Cavalcante de Farias
      9866465 Rodrigo Takashi Imafuko
         
      Grupo 6  
      10845082 Fabiana Toon de Araújo
      10310609 Guilherme Martins Pereira
      5347416 Pedro Turati de Oliveira
      9807419 Vinicius Adolfo Pereira da Silva
      10311490 David Zink
         
         
      Grupo 7  
      10748201 Camila Hiromi Tanaka
      10821057 Vanessa de Cássia Alves
      10679570 Godfred Assan
      9807110 André Cardoso Truchlaeff
         
         
      Grupo 8  
      9807152 Carolina Barbosa Amaro Dias
      9807399 Daniela Miura Tamiya
      11316524 Lucas Baldin Patroni
      9897971 Lucas Yuichi Nakata
         
      Grupo 9  
      9368869 Gabriel Viana Barreto Silva
      9313332 João Gabriel Ali Siqueira
      9898029 Bruno Freitas Vieira
      9807340 Mateus Martelini Souza
      9806662 André Riesco de Ávila






      • Aulas 9 e 10 - 12 de maio

        Exemplo de aplicação de um Sistema de Gestão Ambiental


        Reunião de orientação dos grupos (15 mins cada grupo)

        Grupo 6 -

        Grupo 7 -

        Grupo 8 -

        Grupo 9 -

        Grupo 10 -



        • Aulas 11 e 12 - 26 de maio

          Reunião de orientação dos grupos na terça feira - 26 de maio de 2020

          (20 mins cada )

          Grupo 1  - 16h30 - 16h50

          Grupo 2 - 16h50 - 17h10

          Grupo 3 - 17h10 - 17h30

          Grupo 4 - 17h30 - 17h50 

          Grupo 5 - 17h50 - 18h10



          link do googlemeet: https://meet.google.com/fko-nrnh-nom


          • Aulas 13 e 14 - 9 de junho

            Reunião de orientação dos grupos na terça feira - 9 de junho de 2020

            (20 mins cada )

            Grupo 6  - 16h20 - 16h40

            Grupo 7 - 16h40 - 17h00

            Grupo 8 - 17h00 - 17h20

            Grupo 9 - 17h20 - 17h40 

            Grupo 10 - 17h40 - 18h00


            link do googlemeet: https://meet.google.com/fko-nrnh-nom



            • Aulas 15 e 16 - 23 de junho

              Reunião de orientação dos grupos na terça feira - 23 de junho de 2020

              (20 mins cada )

              Grupo 1  - 16h30 - 16h50

              Grupo 2 - 16h50 - 17h10

              Grupo 3 - 17h10 - 17h30

              Grupo 4 - 17h30 - 17h50 

              Grupo 5 - 17h50 - 18h10


              link do googlemeet: https://meet.google.com/fko-nrnh-nom


              • Aulas 17 e 18 - 30 de junho

                Reunião de orientação dos grupos na terça feira - 30 de junho de 2020

                (20 mins cada )

                Grupo 6  - 16h20 - 16h40

                Grupo 7 - 16h40 - 17h00

                Grupo 8 - 17h00 - 17h20

                Grupo 9 - 17h20 - 17h40 

                Grupo 10 - 17h40 - 18h00


                link do googlemeet: https://meet.google.com/fko-nrnh-nom

                • Orientações Projeto Disciplina

                  O Projeto da Disciplina

                  Ler o texto Anexo  1. O documento traz diretrizes aos alunos da disciplina SHS0416 – 2020 para elaborar uma proposta de sistema simplificado de gestão ambiental e de responsabilidade social para a Fábrica de Aquecedores Solares de Baixo Custo, a ser construída e operada pela EESF - Engenharia Elétrica Sem Fronteiras, na comunidade de Felizópolis. Assim, o produto final deste projeto da disciplina é um relatório contendo uma proposta de sistema simplificado de gestão ambiental, conforme descrito no Item 7. deste documento.

                   

                  Contexto

                  O prefeito do município de Sempre Feliz anunciou na semana passada duas macroações voltadas para reduzir o impacto da pandemia do COVID-19 na comunidade Felizópolis: (1) distribuição de caixas-d’água para moradores da comunidade que ainda não tenham o reservatório em seu imóvel; (2) instalação de aquecedores solares nas residências.

                  Este conjunto de ações emergenciais ocorrem para reduzir o impacto da pandemia do coronavírus na rotina dos cidadãos e será realizado em Felizópolis em razão de sua característica socioeconômica. Trata-se de um bairro altamente adensado com partes altas, onde a água pode demorar mais tempo a chegar até os imóveis. Além disto, o gasto das famílias com energia elétrica é elevado, e o consumo dos chuveiros representa parte significativa do consumo mensal das famílias, impactando, portanto, no orçamento mensal. É a maior comunidade de baixa renda no município de Sempre Feliz, com uma população estimada em quase 60 mil moradores. “São as famílias de menor renda, as mais prejudicadas pela crise econômica”, segundo o prefeito da cidade.

                  A utilização de aquecedores solares de água em habitações de interesse social (HIS) é um tema cada vez mais presente na agenda de órgãos públicos e grandes construtoras, assim como programas habitacionais de diversos governos, também estão optando pela utilização de sistemas de aquecimento solar de água, afinal, a energia do sol é limpa, gratuita e indispensável. O aquecedor solar de água pode proporcionar uma economia média de 40% na conta de luz mensal das famílias beneficiadas, conforme seus hábitos de consumo.

                  A medida contribui diretamente  com a  proteção do meio ambiente, pois pode reduzir a demanda por energia  elétrica nos horários de pico e a necessidade de instalação de novas  usinas de geração de energia no país, diminuindo demanda por novas áreas a serem inundadas, no caso das hidroelétricas, e a pegada carbônica causada pela queima de combustíveis fósseis e a poluição, no caso das termoelétricas. Além disso, o dinheiro economizado pelos usuários vai movimentar a economia local.

                  O convênio da Prefeitura com a empresa EESF - Engenharia Elétrica Sem Fronteiras, prevê a construção e instalação de 2.000 mil kits de aquecedores solares. Os equipamentos serão instalados nas casas desta comunidade, seguindo critério de prioridade social (renda familiar; número de moradores; idade do responsável pela habitação; idade dos filhos, entre outros). Os recursos financeiros para esta parceria foram levantados por meio de esforços da empresa EESF junto a empresários da região, que entenderam fundamental apoiar a comunidade de Felizópis como parte de seus projetos de responsabilidade social. E para garantir uma maior eficiência da aplicação destes recursos na comunidade, exigiram da EESF a apresentação de uma proposta de sistema simplificado de gestão ambiental e responsabilidade social para a construção e instalação dos ASBC.

                  O prazo para construção e instalação é de 6 meses, com previsão de início logo após a finalização do período de isolamento social da COVID-19.

                  A prefeitura disponibilizou um galpão coberto (de 30m x 40m), com piso, banheiros, cozinha, uma área de estacionamento e acesso de veículos de carga, dentro da própria comunidade para a implantação da linha de produção.