Refletir sobre o romance histórico produzido em Portugal no século XIX, partindo de seus precursores e chegando ao romance brasileiro. O curso pretende ter início com a obra de um precursor da narrativa histórica portuguesa, Filinto Elísio, para depois abordar os dois principais modelos do subgênero, Walter Scott e Victor Hugo. Em seguida, serão analisadas as produções de Alexandre Herculano e Almeida Garrett, e seus diálogos com os modelos inglês e francês. Num segundo momento, a disciplina partirá para a análise de Alexandre Dumas, para posteriormente focar na comparação com a obra de Camilo Castelo Branco. Por fim, pretende-se abordar o romance de José de Alencar, como um exemplo desse subgênero no Brasil.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP