Disciplinas Interdepartamentais
Ajuda com Pesquisar cursos
Definir e quantificar a Variabilidade Genética molecular (marcadores genéticos polimórficos), estabelecendo sua dinâmica (frequência e transmissão entre familiares).

Apresentar as base de Estatística elementar aplicada ao estudo e comparação de sequências de DNA e mensurar os efeitos dos fatores evolutivos (seleção natural, migração entre populações, mutações e deriva genética) sobre a distribuição populacional desses marcadores, comparando suas frequências entre pacientes e controles ou entre diferentes amostras de populações humanas,


- Introduzir aos estudantes os princípios gerais da organização celular e subcelular dos seres vivos. - Propiciar aos estudantes uma compreensão das relações entre estrutura e função das células e dos ácidos nucleicos. - Propiciar aos estudantes uma compreensão integrada e multidisciplinar do funcionamento celular.
Propiciar aos alunos a síntese final dos conhecimentos teóricos, habilidades práticas, comportamentos e atitudes obtidos durante o curso através do desenvolvimento de um trabalho final de graduação sob orientação docente. Como alternativa o aluno pode optar pela realização de estágio sob orientação docente em serviço/empresa que desenvolva atividades relacionadas à área de informática biomédica.
Fornecer aos alunos as bases conceituais iniciais sobre Informática Biomédica, e atividades interdisciplinares em equipes multidisciplinares. Inserir os alunos em ambientes clínicos de atenção à saúde, possibilitando o contato inicial com os campos de atuação e atividades de informática ali desenvolvidas.
Gerais: Capacitar o estudante a conhecer a estrutura e fisiologia dos microrganismos e parasitas de modo a permitir aplicações práticas apropriadas à sua área de atuação. Fornecer subsídios conceituais para o estudante conhecer e entender o papel dos microrganismos e dos parasitas nas transformações que ocorrem na natureza e nos processos de infecção/ intoxicação.Específicos: Apreender as características morfológicas, fisiológicas e ciclo de vida dos vírus, bactérias, fungos, protozoários e helmintos; Reconhecer o potencial de patogenicidade dos microrganismos e parasitas; Apreender os métodos laboratoriais e computacionais utilizados para a caracterização de microrganismos e parasitas; Preparar o estudante para identificar estruturas ou processos microbianos e parasitários que possam ser alvos de intervenção.
-Conhecer os diferentes modelos de investigação em epidemiologia. -Conhecer os fundamentos metológicos e analíticos de estudos com a metodologias de coorte e de caso-controle. -Introduzir conceitos de modelos de regressão logística direcionados aos estudos que envolvam riscos e prognósticos.
Familiarizar o aluno com os conceitos básicos da teoria de probabilidade e inferência. Possibilitar o aluno a aplicar os conceitos probabilidade e inferência na área de bioinformática.

Formatos de arquivos, alinhamentos de sequências, filogenia, predições de estruturas, analise de expressão gçenica. Obtenção de Seqüências, Bancos de dados genômicos e formato de arquivos. -Phred/Phrap -Alinhamento de Pares de Seqüências -Alinhamento Múltiplos de Seqüências -Árvores Filogenéticas -Predição de Estrutura Secundária de RNA -Predição de Genes e transcriptoma -Classificação de Proteínas -Predição de Estruturas -Medida de Expressão Gênica -Análise de Genomas -Conceito de Pipelin

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP