Puericultura e Pediatria
Objetivos educacionais da disciplina: 1) Desenvolver formas de investigação do processo de ensino-aprendizagem durante a atividade de ensino. a) Relacionar as atividades de ensino com as de pesquisa. b) Registrar o processo de ensino-aprendizagem como condição para avaliar. c) Analisar o registro do processo de ensino-aprendizagem e a comunicação de seus resultados como condição para aperfeiçoar o ensino. d) Verificar a adequação entre as etapas da programação e da execução pelas evidências da aprendizagem dos alunos. e) Elaborar instrumentos de avaliação coerentes com os critérios e objetivos escolhidos. f) Elaborar uma avaliação de ensino baseada em dados colhidos durante a aula ministrada. 2) Explorar e adequar a atividade de ensino ao tempo. g) Planejar aulas, identificando as diferentes etapas do processo ensino-aprendizagem. h) Discutir a importância da aula dentro do contexto educacional do curso a que pertence. i) Analisar criticamente eficácia e necessidade da técnica e recurso pedagógico. 3) Treinar o trabalho docente em grupo: decisão do programa, documentação do processo e apresentação de resultados. j) Julgar a capacidade do trabalho docente em grupo para aperfeiçoar e acelerar o processo ensino-aprendizagem. 4) Elaborar uma apresentação dos resultados da atividade pedagógica como condição para aperfeiçoar o ensino.
Conceituar aspectos da genética molecular fundamentais para o entendimento dos métodos moleculares utilizados em laboratório na pesquisa na área da saúde da criança e do adolescente. 2- Demonstrar na prática os principais métodos moleculares utilizados em laboratório na pesquisa na área da saúde da criança e do adolescente.3- Atualizar conhecimentos da pesquisa com métodos moleculares, na área da Saúde da criança e do adolescente.
Objetivos da disciplina:

  1. Entender os conceitos que explicam as relações entre a história social da infância e a criança como objeto de estudo, para compreender o papel dessas relações no surgimento da Pediatria como especialidade médica e da Saúde da Criança e do Adolescente como uma visão holística desse cuidado.
  2. Discutir a prática de atendimento à criança, valorizando o contato direto desta com o pediatra e com os profissionais de saúde como sendo de importância fundamental na recuperação da saúde e que pode ter grande impacto no desenvolvimento nessa fase da vida. 
  3. Discutir e formar conceitos básicos sobre as políticas sociais, particularmente no que se refere à questão da criança, da infância, da menoridade, da mão-de-obra infantil, da adolescência, do cuidado à saúde da criança e do adolescente, da medicalização do fracasso escolar, etc. 
  4. Discutir as formas de divulgação dos achados dos estudos sobre a saúde da criança e do adolescente, bem como aprofundar as discussões que trabalham a interação entre a cultura humanística e cultura científica na saúde da criança.

O objetivo da disciplina é oferecer aos estudantes uma introdução aos métodos bioestatísticos. A disciplina tem foco nas técnicas de estatística descritiva e inferencial, com ênfase na seleção adequada de ferramentas e interpretação de resultados. Ao final da disciplina, os estudantes devem estar aptos a: • Organizar, resumir e descrever dados qualitativos e quantitativos. • Diferenciar correlação e concordância. • Definir e diferenciar populações e amostras. • Definir e diferenciar parâmetros e estatísticas. • Interpretar uma variedade de testes de hipóteses. • Obter e interpretar intervalos de confiança para médias populacionais e proporções. • Escolher um método adequado para comparar proporções entre dois grupos. • Construir um intervalo de confiança 95% para a diferença entre médias populacionais. • Diferenciar “significância estatística” e “significância clínica”. • Conduzir análises estatísticas simples.
Introduzir o aluno aos princípios básicos e estado da arte do método científico,inferências causal e estatística, além de desenhos de estudos observacionais e experimentais em humanos, estimulando-o assim no desenvolvimento da capacidade crítica e auxiliando-o a planejar estratégias(desenhos de estudo) para o desenvolvimento de pesquisas cientificas.