Programação

  • Geral

                      Introdução à Engenharia Mecatrônica                                 PMR3100


    Este é o site da disciplina PMR 3100. Nele vocês encontrarão material de apoio à disciplina, comunicação por parte da equipe docente (professores e monitores), avisos, calendário de tópicos, local para as aulas, marcação de visitas a empresas, e até o acompanhamento dos projetos e trabalhos. Portanto fique atento a tudo isso, e participe também dos fóruns e debates. Isto com certeza tornará o curso mais dinâmico e interessante. Colocaremos também links para vídeos e noticias interessantes sobre o curso de Mecatrônica, sobre o trabalho do profissional da área, e até sobre pesquisas e novos desenvolvimentos neste tópico.

  • Tópico 1: Bem-vindo à Escola Politécnica


    Oi! Esta disciplina é dividido em módulos de acordo com os objetivos principais. Neste primeiro módulo o nosso objetivo é ambientá-lo tanto no curso de Engenharia Mecatrônica quanto na Escola Politécnica, tirar do seu rosto aquele olhar de "bixo", e fazer você se sentir em casa! (sem exageros). 

    Os objetivos deste primeiro módulo são:

    • Ajudar você a compreender a amplitude da atuação da Eng. Mecatrônica
    • Mostrar que as Engenharias estão sempre juntas
    • Saber um pouco da estrutura e da história da POLI

    Boa semana! 


    Equipe PMR3100   



    • A era da mecatrônica (08.03.2018) Arquivo 5.2Mb Documento PDF Carregado 8/03/2018 16:54
  • Tópico 2: Mecatrônica em Ação

    A Mecatrônica está presente no nosso dia a dia mesmo que não seja trivial percebê-la. Desde as portas automáticas dos shoppings até os sofisticados sistemas robóticos, passando por sistemas embarcados, como aqueles que operam as válvulas para entrada de combustível nos carros, de acordo com sinais de sensores (se você tem um carro um pouco acima do popular, classe B1, deve ter um), ou como os sistemas que controlam a distância entre as composições do metrô.

    Neste módulo o objetivo é reconhecer um sistema mecatrônico e ao mesmo tempo (sem muita definição teórica) começar a aprender a diferenciar um sistema mecatrônico de um sistema mecânico ou elétrico convencional.

    Aí temos dois níveis de discussão: os componentes e o como funciona, onde se destaca o papel da fusão entre eletrônica, controle, mecânica, software, etc., e o "como fazer" um sistemas destes, e aí voltamos à discussão sobre o design mecatrônico. Precisamos de fato conhecer as duas coisas, as técnicas e teorias que nos levam a compor disciplinas e sintetizar os artefatos mecatrônicos e as teorias e técnicas de como desenvolver estes artefatos (o design mecatrônico). Vocês têm cinco anos pra isso, mas vamos começar já a discussão sobre o design. Antes porém alguns flashs do "como funciona"!
  • Mecatrônica em Ação - desmontando uma impressora HP série 600

    As aulas de 13.03.2018 e 15.03.2018 serão nas salas A4 e A6.

    Nestas aulas, os alunos serão divididos em grupos para desmontarem uma impressora HP da série 600.

    Sala A4 Sala A6
    Grupo 01 Grupo 06
    Alessandro Brugnera Silva
    Gil Vitor Bahr Yau
    Giovanni Teixeira Silveira
    Luiz Eduardo de Carvalho Caneschi
    Raphael Cavalcante Ramos
    Thalles Carneiro da Silva
    Bruno Kenji Hashimoto Miura
    Giovanni Cangiano
    Guilherme Rodrigues Monteiro
    Luca Tamashiro Decker
    Maykon Souza Cruz
    Vinicius Del Manto Cavalcante
    Grupo 02 Grupo 07
    Caio Loiola Rosendo da Silva
    Dedimar Dias do Val
    Leonardo Guidetti Costa
    Luca Rodrigues Miguel
    Marcus Vinicius Roso D'Elboux
    Victor Kowalski Martins
    Beatriz Martins Costa
    Gabriela Fonseca Fanucchi
    Leonardo Guerreiro Monteiro
    Marcelo Teixeira Rocha
    Mauricio Hiroki Tomida
    Victor Alexandre Candido Athanasio
    Grupo 03 Grupo 08
    Beatriz Neves Porto
    Gabriel Shimada Belem
    João Victor Sampaio Lazzari
    Lucas Adloff Cardoso Pinto
    Matheus Chaves Ribeiro
    Thiago Lam Brawerman
    Vinicius Machado Alves
    Bernardo Moredo Rocco
    Gabriela Martins Costa
    Gustavo Santos Torrico
    Lucas Fiori R. Amorim de Oliveira
    Nathan Aguiar Carvalho
    Samuel Borges Soares de Siqueira
    Grupo 04 Grupo 09
    Bruno Fernandes Maione
    Giovanni Cabral Morales
    João Carlos da Rosa Junior
    Luiz Fernando Ferreira da Silva
    Rodrigo Mardegam Morais
    Vinicius Araujo da Costa
    Yae Do Choi
    Benny Chun Yin Ng
    Edson Luis da Conceicao
    Juliano Kawai Soja Fonseca
    Lui Damianci Ferreira
    Rafael Checchinato Morandini
    Victor Coelho Fogagnoli
    Grupo 05 Grupo 10
    Andre Kim Chan
    Gabriel Antonio Ken Chang
    Giulia Duo Cardella
    Lucas Borba Pugliese Ribeiro
    Renan Nascimento e Almeida
    Tiago Pina Contini
    Daniel Willian Braz Pires Domingues
    Felipe Augusto Martins Pascutti
    Joao Rodrigo Windisch Olenscki
    Lucas de Moraes Mata
    Michel Elesbao de Jesus
    Vidal Gonzalo Flores Rojas

    Para tanto devem ler com antecedência o material disponível no site e, preferencialmente, trazê-lo impresso para a aula.

    Abaixo do roteiro da aula ("Roteiro para desmontagem / montagem de uma impressora HP série 600") estão listados todos os materiais citados no mesmo.

    Na aula do dia 13, o intuito é desmontar a impressora. Já na aula do dia 15, vocês poderão completar ou rever passos do processo de desmontagem que fizeram na aula passada e até reverter o processo, isto é, remontar as impressoras. Em seguida devem fazer um relatório por grupo, respondendo às questões que foram colocadas na sala e nos textos de apoio. Devem acrescentar ainda um breve relato (individual) sobre o que acharam da aula e do experimento.

    Notem que existem coletores especiais do sistema Moodle abaixo para mandar cada um destes documentos. Cliquem sobre ele e façam o upload do respectivo exercício.

  • Ética profissinal na Mecatrônica

    Na aula passada vimos uma aplicação clássica da Mecatrônica ligada diretamente à produção industrial. Neste setor tudo parece convergir para ações positivas e às vezes esquecemos que atividades automatizadas podem ser perigosas e talvez fatais para animais, seres humanos, e para o meio ambiente. Assim, há uma responsabilidade muito grande no exercício da profissão em garantir que o funcionamento autônomo de sistemas e máquinas não resultem em problemas e até desastres. Portanto todo engenheiro tem que assumir estas responsabilidades e em particular o Engenheiro Mecatrônico.

    A missão Challenger

      

    A nossa atividade nesta aula é trabalhar o conceito da ética e responsabilidade profissional e social da Engenharia Mecatrônica. Usaremos um exemplo ocorrido em nos anos 80, um acidente ocorrido em uma das missões da NASA, quando esta tentava lançar no espaço pela primeira vez civis, como uma professora de High School, juntamente com a tripulação da nave e cientistas.

    A nave Challenger foi lançada no dia 28 de janeiro de 1986 às 11:36h (EAT time) e explodiu pouco mais de um minuto depois no ar causando uma grande comoção no público que assistia a missão via satélite em todo mundo. Veja os dados da NASA

    Mission: TDRS-2; SPARTAN-203 Satellites
    Space Shuttle: Challenger
    Launch Pad: 39B 
    Launch Weight: 268,829 pounds
    Launched: Jan. 28, 1986, 11:38:00 a.m. EST
    Revolution: 0
    Mission Duration: 1 minute, 13 seconds
    Orbit Altitude: 150 nautical miles (planned)
    Orbit Inclination: 28.5 degrees (planned)
    Miles Traveled: 18 miles

    À bordo os seguintes passageiros

    E então? de quem é a culpa? há algum culpado? foi só fatalidade?

    O vídeo a seguir mostra a decolagem da Challenger, coberta pela CNN. O interessante deste vídeo vai até o instante 2:30 min.

    Já o próximo vídeo, a partir do instante 15 min, mostra a investigação realizada pelo governo americano a fim de entender o que provocou o acidente.

    Como o Prof. Marcos Barretto comentou, não existe risco zero de falha em projetos de engenharia. Então, o que cabe a cada um é se capacitar o melhor possível para tomar decisões mais acertadas. Vale observarem no final do vídeo as falhas apontadas no relatório. Neste contexto, vale ressaltar a importância de se entender de física, cálculo, materiais, dinâmica, vibrações, conceitos que vocês já estão aprendendo no primeiro semestre, e outros que aprenderão ao longo do curso.

  • Tópico 3: Engenharia - Visão e Realização

    Nesta aula daremos início à Unidade III, onde será exercitado todo o ciclo de projeto.

    Encontre a seguir o PTT com a apresentação da atividade. O cronograma de entregas e os entregáveis de cada uma serão disponibilizados em breve.

    Os estudantes serão organizados em 10 grupos com 6 ou 7 membros:


    Sala A4 Sala A6
    Grupo 01 Grupo 06
    Beatriz Neves Porto
    Gabriela Fonseca Fanucchi
    Giulia Duo Cardella
    Lui Damianci Ferreira
    Michel Elesbao de Jesus
    Vidal Gonzalo Flores Rojas
    Bruno Fernandes Maione
    Felipe Augusto Martins Pascutti
    Giovanni Teixeira Silveira
    Luca Rodrigues Miguel
    Raphael Cavalcante Ramos
    Thiago Lam Brawerman
    Yae Do Choi
    Grupo 02 Grupo 07
    Beatriz Martins Costa
    Gil Vitor Bahr Yau
    Gustavo Santos Torrico
    Marcelo Teixeira Rocha
    Nathan Aguiar Carvalho
    Samuel Borges Soares de Siqueira
    Vinicius Machado Alves
    Caio Loiola Rosendo da Silva
    Gabriela Martins Costa
    Guilherme Rodrigues Monteiro
    Lucas Borba Pugliese Ribeiro
    Mauricio Hiroki Tomida
    Victor Alexandre Candido Athanasio
    Grupo 03 Grupo 08
    Bruno Kenji Hashimoto Miura
    Gabriel Antonio Ken Chang
    Juliano Kawai Soja Fonseca
    Lucas de Moraes Mata
    Maykon Souza Cruz
    Tiago Pina Contini
    Daniel Willian Braz Pires Domingues
    Gabriel Shimada Belem
    João Carlos da Rosa Junior
    Luiz Eduardo de Carvalho Caneschi
    Rodrigo Mardegam Morais
    Victor Coelho Fogagnoli
    Grupo 04 Grupo 09
    Alessandro Brugnera Silva
    Giovanni Cabral Morales
    Leonardo Guidetti Costa
    Lucas Fiori R. Amorim de Oliveira
    Renan Nascimento e Almeida
    Thalles Carneiro da Silva
    Andre Kim Chan
    Giovanni Cangiano
    Joao Rodrigo Windisch Olenscki
    Lucas Adloff Cardoso Pinto
    Matheus Chaves Ribeiro
    Vinicius Del Manto Cavalcante
    Grupo 05 Grupo 10
    Benny Chun Yin Ng
    Dedimar Dias do Val
    João Victor Sampaio Lazzari
    Luca Tamashiro Decker
    Rafael Checchinato Morandini
    Victor Kowalski Martins
    Bernardo Moredo Rocco
    Edson Luis da Conceicao
    Gabriel Gelli Checchinato
    Leonardo Guerreiro Monteiro
    Luiz Fernando Ferreira da Silva
    Marcus Vinicius Roso D'Elboux
    Vinicius Araujo da Costa
  • Tópico atual

    Tópico 4: Seu primeiro robô

    Na aula do dia 15 de maio começaremos o módulo 4 da disciplina - o projeto e construção do robô seguidor de linha. Nesta aula serão passadas as orientações quanto ao projeto e os grupos já começaram a exercitar os conceitos aprendidos na unidade 3, como por exemplo, requisitos, critérios de comparação, soluções, matriz de decisão, etc.

    Já na aula do dia 24 apresentaremos a linguagem C.

    Para esta aula, quem tiver notebook, é importante instalar os seguintes softwares:

    Já a aula do dia 29 será sobre o Arduino. Para esta aula é importante trazer instalado os softwares:

    Deve-se trazer também um cabo USB A-B (cabo de impressora, como o exemplificado neste link).

    Nesta aula, será distribuído um Arduino Uno R3 para cada grupo - necessário eleger quem será o responsável, pois o mesmo deverá ser devolvido no final do semestre. Durante a aula emprestaremos um motor de passo, um LED, e três cabos por grupo (devolvidos no final da aula).

    A aula do dia 19.06 será dedicada à demonstração dos robôs funcionando para os professores e para os demais alunos da turma.

    No dia 21.06 será a competição final.

    Diversas disciplinas utilizam o Arduino do 1o ao 3o ano de Mecatrônica. Poderá ser utilizado no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Fora isso, ele é muito atrativo para "hobbistas". Então, para quem gostar da "brincadeira", algumas lojas que vendem Arduinos e módulos (shields), motores de passo, LEDs, etc., são:

    Sala A4 Sala A6
    Grupo 01 Grupo 06
    Bruno Kenji Hashimoto Miura
    Gabriel Shimada Belem
    Leonardo Guerreiro Monteiro
    Lucas Adloff Cardoso Pinto
    Rodrigo Mardegam Morais
    Victor Alexandre Candido Athanasio
    Benny Chun Yin Ng
    Gil Vitor Bahr Yau
    Giovanni Teixeira Silveira
    Luiz Fernando Ferreira da Silva
    Renan Nascimento e Almeida
    Vidal Gonzalo Flores Rojas
    Grupo 02 Grupo 07
    Bruno Fernandes Maione
    Giulia Duo Cardella
    Lucas Borba Pugliese Ribeiro
    Rafael Checchinato Morandini
    Thalles Carneiro da Silva
    Vinicius Machado Alves
    Beatriz Martins Costa
    Felipe Augusto Martins Pascutti
    Giovanni Cabral Morales
    Joao Rodrigo Windisch Olenscki
    Luca Tamashiro Decker
    Maykon Souza Cruz
    Grupo 03 Grupo 08
    Andre Kim Chan
    Gabriel Gelli Checchinato
    Gustavo Santos Torrico
    Marcelo Teixeira Rocha
    Nathan Aguiar Carvalho
    Samuel Borges Soares de Siqueira
    Caio Loiola Rosendo da Silva
    Gabriel Antonio Ken Chang
    Leonardo Guidetti Costa
    Luiz Eduardo de Carvalho Caneschi
    Michel Elesbao de Jesus
    Victor Kowalski Martins
    Grupo 04 Grupo 09
    Bernardo Moredo Rocco
    Gabriela Martins Costa
    Guilherme Rodrigues Monteiro
    Lucas de Moraes Mata
    Marcus Vinicius Roso D'Elboux
    Vinicius Araujo da Costa
    Dedimar Dias do Val
    Juliano Kawai Soja Fonseca
    Lucas Fiori R. Amorim de Oliveira
    Raphael Cavalcante Ramos
    Thiago Lam Brawerman
    Yae Do Choi
    Grupo 05 Grupo 10
    Daniel Willian Braz Pires Domingues
    Edson Luis da Conceicao
    Gabriela Fonseca Fanucchi
    Lui Damianci Ferreira
    Matheus Chaves Ribeiro
    Vinicius Del Manto Cavalcante
    Beatriz Neves Porto
    Giovanni Cangiano
    João Carlos da Rosa Junior
    Luca Rodrigues Miguel
    Mauricio Hiroki Tomida
    Victor Coelho Fogagnoli

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP