Dotar os/as alunos/as de ferramentas para compreensão e análise da música europeia pós-tonal (especificamente da música escrita a partir do início do século XX com ênfase em compositores como Claude Debussy, Igor Stravinsky, Arnold Schoenberg, Bela Bartok, Villa Lobos e Edgard Varèse) e das músicas não europeias do século XX e XXI (incluindo o jazz, as músicas populares e tradicionais, as produções experimentais brasileiras e de outros países da América Latina) Este objetivo específico se inscreve num objetivo mais geral que é fazer com que o aluno entre em contato com visões mais abrangentes sobre a harmonia relacionadas à música produzida nos dias de hoje. Dotar os/as alunos/as de capacidade crítica para discutir e avaliar os aspectos contextuais (sociais, históricos e geográficos) que condicionam as diversas metodologias de análise harmônica e que extrapolam as dimensões estritamente musicais.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP