Disciplinas Interdepartamentais da ESALQ
Apresentar, analisar e discutir as causas do insucesso do sistema convencional em ambiente tropical, as quais estimularam a adoção dos sistemas de produção agrícola em plantio direto. Discutir critérios relativos à adequação, diversificação e implantação desse sistema, e sua importância à conservação do solo e água, e acúmulo de carbono no solo.
Capacitar os alunos para a elaboração de um projeto que contemple a síntese e integração dos conhecimentos adquiridos ao longo do Curso visando seu aprimoramento técnico-científico e a consolidação do perfil acadêmico e profissional pela experimentação e solução de problemas.
Capacitar o aluno a desenvolver um projeto de desenvolvimento de produto, desde sua concepção até o lançamento do no mercado, por meio da aplicação dos conhecimentos adquiridos a partir das disciplinas básicas e aplicadas do curso.
Formação multidisciplinar do estudante. Permitir ao futuro profissional ter uma introdução prévia ao ambiente de trabalho pluridisciplinar e interdisciplinar do setor produtivo. Além disso, permitir participar de discussões de questões do cotidiano do agronegócio e da bioenergia.
1. Proporcionar aos alunos o aprimoramento técnico-científico, com a realização de um trabalho de síntese e integração dos conhecimentos adquiridos ao longo do Curso; 2. Acelerar a maturidade profissional do graduando em Engenharia Florestal através de um trabalho de caráter profissional, sob orientação de um docente do curso de Engenharia Florestal. Por “caráter profissional” entende-se que o TCC apresenta nível técnico-científico compatível com a atividade dos Engenheiros Florestais em exercício na sociedade brasileira; e 3. Consolidar o perfil acadêmico e profissional do aluno em final de Curso.
1. Proporcionar aos alunos o aprimoramento técnico‐científico, com a realização de um trabalho de síntese e integração dos conhecimentos adquiridos ao longo do Curso; 2. Acelerar a maturidade profissional do Graduando em Gestão Ambiental através de um trabalho de caráter profissional, sob orientação de um docente do referido curso. Por “caráter profissional” entende‐se que o TCC apresenta nível técnico‐científico compatível com a atividade dos Gestores Ambientais; e 3. Consolidar o perfil acadêmico e profissional do aluno em final de Curso.
Proporcionar ao ingressante uma visão geral, mundial e do Brasil de agricultura, agronegócio e Engenharia Agronômica. Oferecer ao aluno informações a respeito de sua formação, perfil profissional, atribuições e mercado de trabalho. Permitindo o estabelecimento de uma agenda preliminar e um planejamento curricular de acordo com sua metas.
A disciplina tem como objetivo a recepção e introdução do ingressante à vida universitária (etapa de Prevenção/Precaução) como subsídio às outras disciplinas que iniciam com a \"etapa de adaptação\". O aluno fará uso dos conhecimentos adquiridos como um instrumento auxiliar no planejamento de sua vida acadêmica durante todo o curso
A disciplina tem como objetivo a recepção e introdução do ingressante à vida universitária (etapa de Prevenção/Precaução) como subsídio às outras disciplinas que iniciam com a \"etapa de adaptação\". O aluno fará uso dos conhecimentos adquiridos como um instrumento auxiliar no planejamento de sua vida acadêmica durante todo o curso
1. Proporcionar aos alunos o aprimoramento técnico‐científico, com a realização de um trabalho de síntese e integração dos conhecimentos adquiridos ao longo do Curso; 2. Acelerar a maturidade profissional do Graduando em Gestão Ambiental através de um trabalho de caráter profissional, sob orientação de um docente do referido curso. Por “caráter profissional” entende‐se que o TCC apresenta nível técnico‐científico compatível com a atividade dos Gestores Ambientais; e 3. Consolidar o perfil acadêmico e profissional do aluno em final de Curso.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP