Propiciar ao aluno condições para que possa refletir criticamente sobre a relação entre educação e virtualidade, partindo da: a) discussão de diferentes abordagens metodológicas na área do ensino de línguas estrangeiras apoiadas no uso de tecnologias digitais; b) análise de diferentes tecnologias digitais que podem ser integradas ao ensino de línguas; c) problematização de questões pertinentes à formação do professor de línguas para o desenvolvimento de suas funções de mediador do ensino-aprendizagem em diferentes contextos online e para sua capacitação para a análise, seleção e produção de atividades de ensino com o apoio de tecnologias digitais. Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de: • compreender o papel da reflexão e da reflexão crítica no processo de ensino e aprendizagem de línguas; • refletir criticamente sobre a relação entre educação e virtualidade; • refletir sobre o papel do professor e de diferentes tecnologias digitais como mediadores do processo de ensino e da aprendizagem; • analisar, selecionar e elaborar atividades com o uso de diferentes tecnologias digitais que sejam condizentes com contextos de ensino específicos.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP