Psicologia
1) Delinear o arcabouço teórico-conceitual e metodológico da Teoria Bioecológica do Desenvolvimento e sua aplicabilidade e potencialidades inovadoras para a pesquisa dos determinantes sociais da saúde mental. 2) Promover reflexões sobre fatores de vulnerabilidade para o adoecimento, tais como: características demográficas, desigualdades sociais, aspectos comunitários, organização da sociedade, interações e relacionamentos sociais. 3) Aprofundar a discussão sobre os modelos de cuidado psicossocial a partir da perspectiva dos determinantes sociais. 4) Descrever os aspectos teóricos e metodológicos referentes aos diferentes instrumentos e procedimentos de coleta e análise de dados na pesquisa em saúde mental alinhada aos determinantes sociais e à Teoria Bioecológica do Desenvolvimento.
Geral: Promover o desenvolvimento de habilidades de observação em diferentes contextos. Específicos: Ao final da disciplina, o aluno deve estar apto a: a) Definir métodos de observação; b) Identificar e utilizar diferentes técnicas de observação; c) Compreender a importância da observação para a atuação em Psicologia; d) Utilizar métodos de registro de observação de forma adequada; e) Refletir sobre o fenômeno ou contexto observado para pensar a atuação psicológica a partir dele; f) Refletir sobre os aspectos éticos envolvidos nos processos de observação.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP