Apresentar os contornos mais amplos do percurso intelectual da Sociologia no século XX, sobretudo em sua vertente crítica, ilustrada pelos autores da assim chamada Escola de Frankfurt, por Michel Foucault e por Pierre Bourdieu. A Sociologia no século XX desenvolveu-se em contextos nacionais particulares e em direções teóricas diversas, ao buscar acompanhar as transformações históricas e sociais mais amplas que atravessaram o século. Temas como razão e história, poder e resistência, agência e estrutura organizaram a reflexão de autores que buscaram não apenas construir explicações da vida social, mas igualmente abrir caminhos para a transformação das condições de vida produzidas por uma sociedade cada vez mais avançada em termos tecnológicos, mas perpassada por conflitos múltiplos. Tais temas serão explorados a partir da leitura dos principais textos dos autores elencados.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP