O objetivo desta disciplina é evidenciar os fundamentos históricos das conceituações no âmbito das quais a cidade de São Paulo se consolidou como objeto de conhecimento da Sociologia. Mas isso sempre com a preocupação de confrontar tais abordagens com a realidade socioespacial vivida dia a dia pelos próprios estudantes em espaços diversos da cidade de São Paulo.

Tal objetivo acarreta, de um lado, problematizar em sala de aula, respectivamente, i) os vínculos da sociologia com a cidade como espaço; ii) os primórdios do debate teórico sobre o espaço urbano na sociologia em particular de línguas alemã, francesa, inglesa e portuguesa; iii) as origens e inovações teóricas relativas ao tratamento sociológico em especial de São Paulo, entre os anos de 1930 e o início do século XXI. De outro lado, será necessário confrontar essas discussões com a vivência empírica que os estudantes têm do espaço urbano, através de aulas de rua em São Paulo.

Marcada por essa dinâmica, a disciplina tem como objetivo didático de fundo que os alunos de Ciências Sociais aprendam a desnaturalizar a cidade como objeto sociológico, reconhecendo o seu caráter eminentemente construído.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP