Objetivos

 

1. Apresentar os principais conceitos teóricos e práticos do Geoprocessamento, suas aplicações e potencialidades na vida acadêmica e profissional do Geógrafo.


2. Possibilitar o aprendizado prático de uso do SIG por parte dos discentes.

3. Desenvolver habilidades práticas com o uso de geoprocessamento por meio de estudos de casos.



Programa

 

1. Definição de geoprocessamento e de SIG. História dos SIGs. Quando utilizar os SIGs? Modelos de dados gráficos vetoriais e matriciais. Conceito de Geocampo e Geo-objeto. Bancos de dados associados. Dualidade gráfico e atributo.

 

2. Entrada de dados. Principais formatos de dados geoespaciais. Tipos de dados. Sistema de coordenadas UTM. Digitalização. Importação de dados. Correção topológica. Operações de consulta por atributo e por localização.

 

3. Modelagem Digital do Terreno. Tipos de interpoladores: local e global, exato e aproximado. Área de influência. Derivações cartográficas e aplicações.

 

4. Processamento digital de imagens de sensoriamento remoto. Sistemas de coordenadas linha e coluna. Aquisição de imagens. Correção geométrica de imagens. Realce. Classificação. Análise e edição dos erros.

 

5. Álgebra de mapas. Padronização de dados. Formas de combinação de mapas.

 

6. Cartografia e produção de mapas.

 

 

Método

 

Aulas expositivas, leitura de textos, estudos dirigidos, aulas práticas.

 

 

Avaliação

 

Desenvolvimento de trabalho prático em dupla com entrega de relatório.



Bibliografia

 

ARONOFF, S. 1991. Geographic Information Systems: A Management Perspective. Ottawa: WDL Publications. 294 p.

 

ASSAD, E. D. & SANO, E. E. 1998. Sistema de Informações geográficas – Aplicações na Agricultura. 2ª ed., rev. e ampl. – Brasília: Embrapa.

 

BURROUGH, P.A. 1986. Principles of Geographical Information Systems for Land Resources Assesment. Oxford: Clarendon Press.

 

BURROUGH, P. A.; MCDONNELL, R. 1998.  Principles of Geographical Information Systems. Oxford: University Press, 333p.

 

CÂMARA, G.; DAVIS C.; MONTEIRO, A. M. V. Introdução à Ciência da Geoinformação. São José dos Campos: INPE. Livro eletrônico disponível em:  http://www.dpi.inpe.br/gilberto/livro/introd/


CHRISTOFOLETTI, A. 1979. Análise de Sistemas em Geografia. São Paulo: Hucitec, 106 pp.


CRÓSTA, A. P. 1993. Processamento Digital de Imagens de Sensoriamento Remoto. Edição Revisada. Campinas, SP: IG/UNICAMP, 170p.


GERARDI, L. H.; SILVA, B. N. 1981. Quantificação em Geografia. São Paulo.
Difel.

 

JENSEN, J. R. 2005. Introductory digital image processing: a remote sensing perspective. Second edition. Upper Saddle River: Prentice Hall.

MAGUIRE, DAVID J.; LONGLEY, PAUL A.; RHIND, DAVID W.; GOODCHILD, MICHAEL F. 2013. Sistemas e Ciência da Informação Geográfica. 3ª Ed. Porto Alegre: BOOKMAN. 540p

 

MIRANDA, J. 2005. Fundamentos de Sistemas de Informações Geográficas. Ed.Embrapa. Brasília.

 

PEUQUET, A.; MARBLE, D. 1990. Introductory Readings in Geographical Information Systems. U.S.A. 388p.

 

SILVA, J. X. DA 2001.Geoprocessamento para Análise Ambiental. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 228 p.


SILVA, A. 2003. Sistemas de Informações Geo-referenciadas. Capinas: Ed Unicamp.

 

TOMLIN, D. 1990. Geographic Information Systems and Cartographic Modeling. Englewood Cliffs, U.S.A. 249p.

 

YAMAMOTO, J. K. 1988. Representações Gráficas Espaciais em Geociências Auxiliadas por Computador. Revista Brasileira de Geociências. v.18, n.1, p.3-26.

 




e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP