Enfermagem Materno-infantil e Psiquiátrica
Ajuda com Pesquisar cursos
OBJETIVO GERAL DO MÓDULO Compreender a experiência de doença da criança, adolescente e sua família; Instrumentalizar o aluno no cuidado de enfermagem à criança, adolescente em situação de doença aguda e crônica, bem como de sua família fundamentado em bases teóricas. ESPECÍFICOS DO PROGRAMA X LÓGICA DOS CONTEÚDOS Referentes à ação docente: Instrumentalizar o aluno em sua formação técnico-científica voltada para o cuidado da criança, adolescente e sua família em situação de doença; Possibilitar a prática baseada em evidências no cuidado da criança, adolescente e sua família; Instrumentalizar o aluno a desenvolver habilidades de comunicação, tomada de decisões e de trabalho em equipe no contexto da pediatria. Referentes à ação discente: Integrar e aplicar conhecimentos práticos e teóricos no contexto da criança, adolescente e sua família que experiência a doença, utilizando o raciocínio clínico; Compreender a criança, adolescente e sua família em situação de doença em relação ao crescimento e desenvolvimento, estrutura e dinâmicas familiares, fatores sócio-culturais como base do cuidado; Realizar o cuidado à criança, adolescente e sua família fundamentado na abordagem centrada na família; Conhecer e identificar os problemas clínicos da criança hospitalizada; Realizar as etapas do processo de enfermagem em pediatria; Respeitar princípios éticos, legais e humanísticos em enfermagem pediátrica.
GERAL Planejar, executar e avaliar o cuidado de enfermagem à parturiente, à puérpera e ao recém-nascido, no contexto hospitalar, com base nas principais causas de morbimortalidade materna e neonatal, nos preceitos éticos legais e na prática baseada em evidências. Fundamentar a assistência à mulher com afecções ginecológicas benignas prevalentes no território nacional e local. ESPECÍFICOS DO PROGRAMA X LÓGICA DOS CONTEÚDOS: Referentes à ação docente: 1. Facilitar a aplicação de princípios ético-legais e a reflexão crítica no cuidado à mulher com afecções ginecológicas benignas, à parturiente, à puérpera e ao RN. 2. Propiciar o aprofundamento dos conceitos e atitudes relacionados aos fatores ginecológicos e psicossociais que repercutem sobre a saúde da mulher. 3. Fundamentar o cuidado de enfermagem à mulher com afecções ginecológicas benignas da adolescência à pós-menopausa. 4. Possibilitar o desenvolvimento dos procedimentos e atitudes no cuidado à mulher com afecções ginecológicas benignas da adolescência à pós-menopausa. 5. Introduzir os conceitos referentes à organização e modelos de assistência à mulher e ao RN no parto e nascimento. 6. Conceituar e instigar no aluno a reflexão crítica quanto aos tipos de parto. 7. Explicar os fatores, o mecanismo, a fisiologia e os períodos clínicos do parto. 8. Fundamentar o cuidado de enfermagem à parturiente, à puérpera e ao RN no nascimento e no AC. 9. Possibilitar o desenvolvimento dos procedimentos e atitudes no cuidado à parturiente, puérpera e RN no nascimento e no AC. 10. Propiciar aprofundamento dos conceitos, procedimentos e atitudes na identificação dos fatores maternos e familiares que repercutem na saúde do concepto/RN e das práticas assistenciais ao RN e a puérpera. 11. Expor o panorama da morbidade e mortalidade neonatal no Brasil. 12. Fundamentar o cuidado de enfermagem ao RN com agravos prevalentes à saúde. 13. Conceituar os níveis de atenção e os modelos de assistência neonatal. 14. Possibilitar o desenvolvimento de procedimentos e atitudes no cuidado do RN na unidade neonatal. Referente à ação discente: 1. Aplicar os princípios éticos legais no cuidado à mulher com afecções ginecológicas benignas, à parturiente, à puérpera e ao RN. 2. Aprofundar o raciocínio clínico no cuidado à mulher com afecções ginecológicas benignas, à parturiente, à puérpera e ao RN. 3. Discutir os fatores ginecológicos e psicossociais que repercutem na saúde da mulher com afecções ginecológicas benignas. 4. Analisar os conceitos relacionados ao cuidado de enfermagem à mulher com afecções ginecológicas benignas. 5. Sistematizar o cuidado de enfermagem à mulher com afecções ginecológicas benignas. 6. Identificar os conceitos referentes à organização e modelos de assistência à mulher e ao RN no parto e nascimento. 7. Apontar os aspectos políticos, socioculturais e epidemiológicos e clínicos relacionados aos tipos de parto. 8. Descrever os fatores, o mecanismo, a fisiologia e os períodos clínicos do parto. 9. Analisar os conceitos relacionados ao cuidado de enfermagem à parturiente, à puérpera e ao RN no nascimento e no AC. 10. Discutir o panorama da morbidade e mortalidade neonatal no Brasil. 11. Analisar os conceitos relacionados ao RN na unidade neonatal. 12. Sistematizar o cuidado de enfermagem ao RN na unidade neonatal.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP