Orientação Profissional
Ajuda com Pesquisar cursos
OBJETIVO GERAL DO MÓDULO Compreender e exercitar o gerenciamento de unidades de enfermagem, fundamentado nas bases teóricas e conceituais da administração. IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO, NESTE MOMENTO DO CURSO. O ensino do gerenciamento de unidades de enfermagem, fundamentado em teorias e saberes específicos da administração, instrumentaliza o estudante para a formação de competências gerenciais no exercício profissional, visando o desenvolvimento de uma postura crítico-reflexiva e a instituição de novas práticas gerenciais na perspectiva de transformação da realidade de saúde. SITUAÇÕES (eixos integrativos) NOS QUAIS SE FARÁ USO INTEGRADO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NO PROGRAMA Situações simuladas e estudo de casos em gerenciamento de unidades de enfermagem. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO PROGRAMA: Referentes à ação docente: 1. Articular as bases teóricas e conceituais da administração com o gerenciamento de unidades de enfermagem 2. Contextualizar a inserção das instituições de saúde no SUS e suas implicações no gerenciamento de unidades de enfermagem 3. Enfocar o processo de trabalho gerencial em enfermagem 4. Proporcionar situações simuladas da prática do gerenciamento de unidades de enfermagem 5. Incentivar a autonomia do estudante e a integração entre alunos, professores e profissionais Referente à ação discente: 1. Conhecer as bases teóricas e conceituais da administração em saúde e em enfermagem 2. Interpretar as teorias administrativas e seus princípios na prática do gerenciamento de unidades de enfermagem 3. Analisar a inserção das instituições de saúde no SUS e suas implicações no gerenciamento de unidades de enfermagem 4. Reconhecer e compreender o processo de trabalho gerencial em enfermagem 5. Vivenciar o gerenciamento do cuidado em situações simuladas da prática de enfermagem 6. Estabelecer relações interpessoais, desenvolvendo a autonomia e a integração com indivíduos e grupos
OBJETIVO GERAL DO MÓDULO Propiciar ao licenciando de enfermagem elementos para o exercício da atividade docente na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e nos serviços de educação em instituições de saúde. IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO PROFESSOR NESTE MOMENTO DO CURSO. O estágio curricular supervisionado, concentrado no nono semestre do curso, propiciará ao licenciando de enfermagem a sedimentação e aplicação de conhecimentos adquiridos ao longo do curso de Bacharelado em Enfermagem desta Escola, nas disciplinas cursadas na Faculdade de Educação da USP, e na disciplina “Ensinar e aprender em enfermagem: aspectos teórico-metodológicos”, do Curso de Licenciatura em Enfermagem na EEUSP para atuar como professor no ensino médio, na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e nos setores de educação em instituições de saúde. FUNÇÕES (eixos integrativos) NOS QUAIS SE FARÁ USO INTEGRADO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NO PROGRAMA Os conhecimentos específicos desse programa integrados com outros saberes pedagógicos possibilitarão que a formação do professor seja trabalhada de forma plena. O licenciando de enfermagem deverá ter condições para desenvolver ações e projetos educacionais voltados à enfermagem e ao contexto da saúde. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO PROGRAMA Referentes à ação docente 1. Supervisionar o licenciando de enfermagem em atividades pedagógicas desenvolvidas junto aos estudantes do ensino médio e da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 2. Contextualizar o processo ensino aprendizagem no ensino médio e profissionalizante em enfermagem, correlacionando-o com questões políticas, sociais, culturais, éticas e legais; 3. Mediar visitas às escolas de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem para identificar os princípios e pressupostos pedagógicos adotados no projeto pedagógico da escola; 4. Propiciar ao licenciando de enfermagem elementos para o exercício da atividade docente na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e nos serviços de educação em instituições de saúde; 5. Conduzir as discussões acerca da identidade e das competências do professor a partir de saberes necessários para atuar em situações da prática do ensino em campo da enfermagem; 6. Estimular a integração do licenciando com coordenadores, professores e estudantes do ensino médio e da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e enfermeiros para que os mesmos possam conhecer e analisar o processo de ensino vigente nas escolas; 7. Discutir as estratégias de intervenção pedagógica aplicadas nas escolas; 8. Orientar o licenciando para o reconhecimento da gestão escolar, pedagógica e de formação continuada; 9. Estimular a integração do licenciando em enfermagem com coordenadores, professores e estudantes do ensino médio e profissionalizante em campos de prática; 10. Orientar a construção de materiais didáticos e multimídias como recursos para ministrar aulas teóricas e práticas; 11. Orientar a construção de projetos educacionais a serem desenvolvidos junto às Escolas com a colaboração e participação efetiva do licenciando de enfermagem. 12. Orientar a elaboração de relatório de atividades desenvolvidas no campo de prática Referentes à ação discente 1. Supervisionar o estágio de estudantes de ensino médio e da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 2. Experienciar o processo ensino aprendizagem no ensino médio e profissionalizante em enfermagem articulando-o com questões políticas, sociais, culturais e éticos- legais; 3. Identificar os princípios e pressupostos pedagógicos adotados no projeto pedagógico da escola; 4. Aplicar o conhecimento adquirido na formação docente para atuar em situações da prática do ensino; 5. Desenvolver competências para planejar, executar e avaliar atividades inerentes à prática do ensino; 6. Analisar o processo de ensino vigente nas escolas; 7. Analisar as estratégias de intervenção pedagógica aplicadas no âmbito das escolas; 8. Discutir sobre gestão escolar, pedagógica e formação continuada correlacionando com bases teórico-metodológicas; 9. Interagir com coordenadores, professores e estudantes do ensino médio e profissionalizante em enfermagem e enfermeiros dos serviços de educação continuada nas instituições de saúde para planejar, executar e avaliar as atividades inerentes à prática do ensino; 10. Construir material didático e multimídias como recurso pedagógico para aulas teóricas e práticas; 11. Participar da construção, desenvolvimento e avaliação de projetos educacionais junto as Escolas e Estabelecimentos de Saúde; 12. Elaborar relatórios das atividades desenvolvidas no campo de prática.
OBJETIVO GERAL DO MÓDULO Instrumentalizar o licenciando de enfermagem quanto aos aspectos teórico-metodológicos do processo ensino aprendizagem para atuar no ensino médio, na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada em enfermagem. Planejar, desenvolver e avaliar ações educativas relacionadas com as práticas de enfermagem e de saúde. IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO PROFESSOR, NESTE MOMENTO DO CURSO Capacitar o licenciando de enfermagem para o exercício profissional no ensino médio, na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada em enfermagem. Sedimentar o que significa e como se dá o processo de tornar-se professor. Construir conhecimentos teóricos para fundamentar a prática, a partir da análise da realidade. FUNÇÕES (eixos integrativos) NOS QUAIS SE FARÁ USO INTEGRADO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NO PROGRAMA Esses conhecimentos específicos integrados com outros saberes pedagógicos permitirão a formação do professor para desenvolver ações e projetos educacionais no contexto do ensino médio, da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem bem como na formação continuada em enfermagem. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO PROGRAMA Referentes à ação docente 1. Historiar a Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem no Brasil e suas implicações nas práticas atuais; 2. Apresentar as legislações e concepções pedagógicas da educação relacionadas ao ensino médio e Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 3. Contextualizar o processo ensino aprendizagem no ensino médio e na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem nas dimensões educacional, política, social, cultural, ética e legal; 4. Apresentar os conceitos e as dimensões da Gestão na Educação Profissional de Nível Médio em Enfermagem; 5. Contextualizar as políticas e práticas da formação continuada em enfermagem em instituições de saúde públicas e privadas; 6. Estimular uma postura crítico-reflexiva do estudante frente à Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e à formação continuada em enfermagem e suas implicações para a assistência de enfermagem; 7. Apresentar os elementos que compõem um projeto político pedagógico da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 8. Apresentar os elementos que compõe a identidade docente para atuar no ensino médio e na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 9. Apresentar as bases teórico-metodológicas para a prática docente; 10. Discutir as diferentes competências para atuação do professor na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada; 11. Discutir as tendências pedagógicas e suas aplicações na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada de profissionais de enfermagem; 12. Discorrer sobre os princípios andragógicos e suas implicações na prática docente; 13. Descrever as etapas de planejamento, desenvolvimento e avaliação do processo ensino aprendizagem; 14. Discutir o uso das tecnologias da informação e comunicação no ensino de enfermagem; 15. Apresentar diferentes estratégias de ensino e o uso de ambientes virtuais de aprendizagem; 16. Apresentar o processo de supervisão em campo da prática; 17. Orientar a elaboração de materiais pedagógicos e o uso de tecnologias educacionais. Referentes à ação discente 1. Conhecer o cenário atual da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem no Brasil e suas implicações para as práticas atuais a partir da reflexão sobre os fatos históricos; 2. Compreender as legislações e concepções pedagógicas da educação relacionadas ao ensino médio e Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 3. Analisar o processo ensino aprendizagem no ensino médio, Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada em enfermagem nas dimensões educacional, política, social, cultural, ética e legal; 4. Refletir sobre os conceitos e as dimensões da Gestão na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada em enfermagem; 5. Relacionar as prioridades políticas e necessidades práticas da formação continuada em enfermagem em instituições de saúde públicas e privadas; 6. Adotar uma postura crítico-reflexiva frente à Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e à formação continuada em enfermagem e suas implicações para a assistência de enfermagem; 7. Participar de discussões sobre a elaboração de um projeto político pedagógico da Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 8. Construir sua identidade docente para atuar no ensino médio e na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem; 9. Identificar o processo de construção das bases teórico-metodológicas para a prática docente; 10. Desenvolver as competências cognitivas, atitudinais e psicomotoras da prática pedagógica em enfermagem e em saúde; 11. Analisar as tendências pedagógicas e suas aplicações na Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Enfermagem e na formação continuada de profissionais de enfermagem relacionando-as à historicidade da profissão; 12. Conhecer os princípios andragógicos e suas implicações na prática docente 13. Compreender o planejamento, desenvolvimento e avaliação das ações educativas; 14. Discutir o uso das Tecnologias da informação e comunicação no ensino de enfermagem; 15. Discutir estratégias de ensino e o uso de ambientes virtuais de aprendizagem no processo ensino aprendizagem em enfermagem; 16. Compreender o processo de supervisão em campo da prática; 17. Desenvolver o processo ensino-aprendizagem mediado por recursos tecnológicos e materiais multimídias.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP