Ajuda com Pesquisar cursos
Apresentar, discutir e analisar aspectos metodológicos dos estudos da área de epidemiologia. Esta disciplina pretende reforçar os conceitos apreendido nas demais disciplinas de Epidemiologia (Princípios de Epidemiologia, Introdução a Análise Epidemiológica e Prática em pesquisa epidemiológica) por meio da discussão de estudos publicados. Pretende-se que a teoria se junte à prática, de forma que os alunos possam entender e aplicar as qualidades do método epidemiológico avaliando o ideal e o plausível na realização de estudos epidemiológicos.
Desenvolver no aluno de pós-graduação habilidades para a análise crítica e aprofundada da literatura na área da saúde materna e perinatal.
Analisar a evolução de paradigmas da avaliação do desenvolvimento infantil; 2. Relacionar orientações e práticas no âmbito da avaliação do desenvolvimento infantil. 3. Analisar e discutir práticas de avaliação psicométricas como componente do sprocessos de habilitação e inclusão de crianças com restrições psicossociais e motoras 4. Capacitar recursos humanos para implementar práticas de avaliação de desenvolvimento infantil na atenção básica do sistema de saúde 5. Integração conhecimentos teóricos e práticos para a avaliação do desenvolvimento infantil.
Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de: 1. Desenvolver os conceitos de relações de gênero com foco na saúde da mulher. Discutir suas origens históricas e sua relação com os movimentos de mulheres, e os estudos de gênero como campo acadêmico. 2. Desenvolver assuntos sobre saúde e direitos sexuais e reprodutivos incluindo nesse campo as questões relativas à maternidade e à saúde materna. 3. Aplicar os conceitos de gênero na promoção das mudanças de práticas, incluindo a maternidade como trabalho social e prevenção da violência associada á maternidade. 4. Conhecer a especificidade dos casos brasileiro e latino-americano, assim como o chamado movimento mundial pela humanização de assistência materna. 5. Introduzir os debates atuais sobre assistência materna baseada em evidência e baseada em direitos. 6. Conhecer os novos conceitos de cuidado livre de danos, e o termômetro segurança da maternidade. 7. Verificar as novas interpretações da biologia do trabalho de parto e suas consequências para a ambiência nos serviços e rotinas das maternidades, e como as relações de gênero são explicativas para estes novos desafios.
Proporcionar ao aluno de pós-graduação habilidade para o acesso e utilização da informação científica veiculada no formato impresso e eletrônico. Instruir os alunos na elaboração e apresentação de artigos de pesquisa de acordo com técnicas e normas de redação científica
1.Abordar os fundamentos teóricos sobre o que se designa por metodologia de pesquisa no âmbito das ciências sociais; 2. Apresentar as principais técnicas utilizadas na investigação qualitativa em saúde; 3. Refletir sobre dimensões éticas na investigação social em saúde.
Oferecer aos alunos conhecimentos básicos do método epidemiológico de forma a familiarizá-los com a caracterização e quantificação de agravos à saúde na população e com os principais elementos do delineamento de estudos epidemiológicos, com ênfase na implantação e análise de um estudo epidemiológico descritivo, possibilitando a realização da análise da situação de saúde de uma determinada área geográfica.
1. Analisar criticamente, sob a ótica das Ciências Sociais, temas relevantes na área da Saúde Reprodutiva enfocando suas relações com sexualidade e gênero. 2. Identificar problemas relevantes de investigação no interior dos vários temas relativos à àrea, que contribuam para o avanço do conhecimento da mesma, destacando-se no tratamento dos mesmos as abordagens de gênero.
Objetivos: Conhecer e discutir base teórica e marcos conceituais referentes a indicadores ambientais e suas relações com saúde e ambiente, e relacionar com processo de avaliação de desenvolvimento sustentável; conhecer, analisar, desenvolver e praticar a construção de indicadores no paradigma do desenvolvimento sustentável; discutir o uso de indicadores na avaliação de políticas ambientais.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP