Programação

  • Geral

  • Introdução

    Nesta seção, são apresentadas noções básicas sobre agentes e sistemas multiagentes.

  • Agentes Inteligentes

    Nesta seção, são apresentadas as principais características dos chamados agentes inteligentes.

  • Agentes com Raciocínio Dedutivo

    Nesta seção, é mostrado o papel da dedução lógica, bem como as suas limitações, na construção de agentes inteligentes.

  • Agentes com Raciocínio Prático

    Nesta seção, é apresentado um modelo de agente inspirado inspirado nos processos humanos de tomada de decisão.

  • Agentes Reativos e Híbridos

    Nesta seção, são apresentados os chamados agentes reativos, que surgiram para tentar resolver alguns dos problemas associados aos agentes deliberativos. Também são apresentadas arquiteturas híbridas, que combinam as vantagens dos dois paradigmas.

  • Exercício Prático 1

    Exercício prático sobre programação envolvendo agentes reativos e simulação social baseada em agentes.

  • Simulação Baseada em Agentes

    Nesta seção, é abordado o uso da tecnologia de agentes para realizar simulações de fenômenos sociais e etológicos.

  • Compreendendo Uns aos Outros

    Nesta seção, é discutido o papel das ontologias em sistemas baseados em agentes.

  • Comunicação

    Nesta seção, são discutidos os principais aspectos envolvidos na comunicação entre agentes, como a Teoria dos Atos de Fala e as linguagens KQML e FIPA.

  • Trabalhando Conjuntamente

    Nesta seção, são abordados os principais aspectos de uma resolução distribuída de problemas, que envolva cooperação entre os agentes. São detalhadas as abordagens de partilha de tarefas e partilha de resultados. Também são introduzidos os principais modelos de coordenação entre agentes.

  • Interações entre Agentes

    Nesta seção, são apresentados os tipos de interação que podem ocorrer entre agentes. É feita uma introdução da teoria dos jogos, extremamente útil para modelar tais interações.

  • Formando Coalisões

    Esta seção apresenta uma introdução à teoria dos jogos cooperativa, que estende a teoria dos jogos convencionais permitindo que acordo prévios sejam feitos entre os agentes e também que estes possam levar em conta a utilidade coletiva para tomar algumas decisões.

  • Alocando Recursos Escassos

    Esta seção apresenta uma introdução aos leilões, que são mecanismos utilizados para atingir acordos entre agentes para alocar recursos escassos.

  • Metodologias para apoiar o desenvolvimento de SMA

    Nesta aula são apresentados exemplos de metodologias AOSE (Agent-Oriented Software Engineering), plataformas e linguagens para desenvolvimento de sistemas baseados em agentes.

  • Exercício Prático 2

    Exercício prático sobre programação envolvendo agentes BDI e organizações de agentes.

  • Produção de texto

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP