Capacitar o aluno a estabelecer um correto planejamento, tendo em vista o diagnostico, prognóstico e sua execução integrada na realização de procedimentos clínicos de maior complexidade, em Dentística Restauradora. Serão empregados materiais restauradores diretos (amálgama, resina e ionômero) associados ou não a procedimentos complementares (clareamento, microabrasão, remodelação cosmética, reconstrução de guias, desensibilização dentinária), a fim de manter ou restaurar o elemento dental dentro de sua forma, função e estética. Nesta fase o aluno irá aprimorar os conhecimentos previamente adquiridos e refinará a sua capacidade psicomotora e aprofundando os conhecimentos dos problemas clínicos, dentro do conteúdo da disciplina e disciplinas inter-relacionadas. Desenvolver cada vez mais a odontologia preventiva, ou seja, voltada primordialmente para o estabelecimento de técnicas, métodos ou medidas preventivas específicas.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP