Apresentar as bases para uma abordagem sistêmica da integração energética, quanto aos recursos, usos e atores transfronteiriços entre nações. Mostrar o contexto maior no qual a indústria energética se desenvolve, isto é, a integração energética. Introduzir as bases do comércio energético entre países dentro do escopo das energias de rede, ou seja, a partir do gás natural e da eletricidade. Analisar a infra-estrutura de transporte que possibilita os intercâmbios por meio de redes elétricas e gasíferas entre países vizinhos. Enfatizar os fundamentos teóricos e métodos de análise das questões institucionais e regulatórias (jurídicas e de contrato). Introduzir a problemática ambiental como parte do planejamento. E finalmente definir o papel, a organização e o funcionamento do mercado energético integrado.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP