Familiarizar o aluno com as bases teóricas, os instrumentos normativos de descrição (códigos), e práticas relacionadas com a representação descritiva de recursos bibliográficos (livros e não-livros), impressos, eletrônicos e digitais, além dos processos de determinação dos pontos de acesso. Fundamendar e Orientar o aluno para a necessidade de se capacitar nesta fase, como subsídio a criação de catálogos bibliográficos eletrônicos. Desenvolver o senso crítico no planejamento de processos que executem o tratamento da informação registrada, e a percepção para outros ambientes nos quais as habilidades aprendidas podem ser utilizadas para benefício do público.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP