• Estudar o papel das Relações Públicas Internacionais no contexto da globalização e sua prática aplicada a diferentes contextos geográficos e culturais; • Refletir sobre como a cultura nacional afeta a cultura organizacional e como essas duas variáveis influem na gestão dos negócios das organizações em diferentes países e nações; • Comparar as práticas de Relações Públicas entre diferentes países aplicando os princípios específicos da Teoria Global de Relações Públicas e os Princípios específicos de Vercic e Grunig; • Analisar a importância dos grupos de ativistas e das agências reguladoras como atores importantes no trabalho globalizado; • Realizar estudos práticos sobre a gestão da comunicação em organizações globalizadas e verificar quais são as características que fazem a diferença nos relacionamentos corporativos e reputacional.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP