A disciplina tem por objetivo tratar da inserção econômica do real estate, a partir da compreensão do papel do setor na economia e das suas interfaces, indicando as particularidades brasileiras. Discute-se a inserção primária do real estate na produção dos imóveis residenciais e comerciais e a sua expansão na economia moderna, já consolidada para os investimentos da infraestrutura, que deixam de ser encargo do Estado. Apresenta-se os fundamentos econômicos que têm influência relevante nos negócios do real estate, especialmente valor e percepção de valor, inflação, poupança e renda das famílias e suas particularidades brasileiras. Dentre estes fundamentos destacam-se as fontes de funding para os negócios do setor. Mostra-se os princípios consagrados no mercado para formação de preços do real estate e o posicionamento dos empreendedores na competição do mercado. Discute-se a rotina de escolha das oportunidades de investimento para as empresas do setor, a questão dos cenários e dos riscos dos negócios de longo prazo.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP