Ecologia pode ser definida como o estudo das interações dos organismos com seu ambiente ou, de uma maneira operacional, como o estudo das interações que determinam a distribuição e a abundância dos organismos através do tempo. Para isso, procura integrar uma série de disciplinas biológicas e matemáticas no estudo de indivíduos, populações, comunidades, biomas e, num nível mais elevado, da biosfera inteira. A disciplina Evolução e Ecologia de Populações, partindo da definição operacional proposta, visa dar ao aluno um enfoque funcional das interações existentes entre os organismos no nível de população e a totalidade dos fatores físicos, biológicos e evolutivos que afetam e são afetados por esses organismos. Nesta disciplina, nós damos especial atenção à intersecção entre a Ecologia, a Evolução e a Genética de Populações. Essa área multidisciplinar, dependendo do contexto, é chamada de Genética Ecológica ou Ecologia Evolutiva. Nessa perspectiva, estudam-se as interações dos fatores ambientais com a estrutura genética das populações, e como a abundância e distribuição dos genes variam ao longo do tempo.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP