Engenharia de Biossistemas
Ajuda com Pesquisar cursos

Durante o semestre de lecionamento da disciplina, buscar-se-á fornecer conhecimentos sobre processos físicos relacionados ao sistema agrícola. Revisão sobre grandezas físicas e unidades; Termodinâmica de sistemas gasosos: equação de estado e processos termodinâmicos; 1ª lei da Termodinâmica: calor, trabalho e energia interna. Energia térmica: radiação e condução térmica; Aplicações da Termodinâmica de Sistemas Gasosos (Umidade Relativa do Ar). Física da água no solo: energia e movimento da água no solo.

Com isso, espera-se que ao concluir a disciplina os estudantes tenham adquirido conhecimentos básicos necessários à compreensão dos processo de transporte de massa e energia no sistema Solo-Planta-Atmosfera e os fundamentos da problemática energética.

Desenvolver os conceitos de gestão aplicados às áreas agropecuária e florestal, com especial ênfase aos sistemas mecanizados.
Capacitar os alunos a projetar e avaliar sistemas de irrigação por intermédio de estudos básicos necessários ao planejamento e de critérios técnicos para o dimensionamento.
A produtividade vegetal ou animal, é condicionada pelo ambiente. Nesta disciplina procura-se descrever as interações entre as condições atmosféricas e os sistemas agropecuários, de maneira que os alunos fiquem capacitados a entendê-los e a interferir favoravelmente no sistema agrícola, minimizando os aspectos negativos da agricultura exploratória. a) Estudar os fatores que condicionam o tempo e o clima; b) Ensinar como são observados e medidos os elementos meteorológicos para fins agroclimáticos; c) Discutir como as informações meteorológicas e climatológicas podem ser usadas para planejamento global de uso da terra e das operações agrícolas, bem como para minimização dos efeitos adversos do tempo e do clima na agricultura; d) Discutir como as condições de tempo e de clima relacionam-se com a produtividade agropecuária.
Proporcionar a reflexão e análise sobre a prática docente universitária e pesquisa na área de Engenharia de Sistemas Agrícolas. A finalidade é proporcionar habilidades para ministrar disciplinas, cursos, palestras, redigir e avaliar textos científicos e utilizar as diferentes mídias em apresentações públicas.
A disciplina trata da física das interações entre a atmosfera e as superfícies vegetadas na escala micrometeorológica. Ênfase é dada na interação entre a radiação solar com a vegetação e ao transporte de massa e energia em sistemas vegetados. Os princípios básicos da arquitetura dos dosséis vegetativos são estudados como base para a compreensão da absorção da energia radiante pela vegetação. Conceitos de mecânica dos fluídos são aplicados aos fluxos atmosféricos buscando-se o entendimento dos processos de transporte turbulento e sua implicação no balanço de massa e energia em sistemas vegetados. As implicações ecofisiológicas dos processos físicos estudados são também abordadas, assim como os efeitos do acoplamento vegetação-atmosfera. A disciplina também pretende introduzir os alunos aos procedimentos instrumentais para medidas micrometeorológicas em sistemas agrícolas e florestais.
Habilitar os alunos na utilização de modelos computacionais aplicados à dinâmica de água e solutos no solo, em situações de solo saturado (águas subterrâneas) quanto em condições de solo não saturado, mediante aulas teóricas e práticas, juntamente com discussões e análises críticas de trabalhos científicos relevantes, publicados no País e no Exterior.
Capacitar o aluno para compreender os conceitos de variabilidade e mudança climática, as causas da mudança no clima e seus efeitos sobre a agricultura brasileira. Analisar as projeções climáticas para as próximas décadas, em conjunto com os cenários econômicos, e discutir as adaptações necessárias dos sistemas produtivos agrícolas e florestais para lidar com as possíveis mudanças no clima.
Fornecer aos alunos embasamento técnico-científico para poderem enfrentar a nova demanda exigida pela sociedade no que diz respeito ao conhecimento das aplicações dos diversos tipos de energias em utilização, com respeito ao ambiente e em face da escassez de energias não renováveis.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP