Subsidiar o aluno na reflexão sobre as necessidades, a complexidade e os desafios da realidade escolar, aproximando-o de referenciais teóricos sobre tal temática. Oportunizar experiências de estágio supervisionado em instituições da educação básica, preferencialmente públicas. Possibilitar a imersão no cotidiano escolar, para o aluno ser capaz de investigar e problematizar: a) a prática docente; b) as modalidades didáticas utilizadas e as novas possibilidades, incluindo a interação com espaço de educação não-formal; c) as interações discursivas na sala de aula; d) a situação da escola no contexto das avaliações externas, tanto estaduais como federais. Espera-se que a disciplina contribua na construção da autonomia docente para planejar e executar intervenções educacionais que abordem conteúdos do escopo da Biologia, utilizando estratégias pedagógicas inovadoras, centradas no papel ativo dos alunos, e considerando a inserção de novas tecnologias da informação e comunicação (TICs) no cotidiano escolar e para a pesquisa docente. Paralelo a esse processo de construção da prática docente, a disciplina se propõe a desenvolver a postura do professor pesquisador, a partir da discussão e aplicação de estratégias investigativas no contexto escolar.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP