Museu de Arte Contemporânea
Desenvolver a capacidade de leitura da imagem, do objeto e do elemento artístico, especialmente o musical, construído no tempo e no espaço. Relacionar as transformações nas artes visuais e na música com as modificações operadas na vida social, cultural e política ao longo do período histórico. Contribuir para o enriquecimento e valorização da memória visual dos futuros profissionais, especialmente das artes visuais, do design, da música, das ciências e do patrimônio, tornando-a um instrumento ativo e crítico do processo criativo. Identificar e caracterizar os produtores artísticos e as obras distinguindo as modificações estilísticas, as influências recebidas e o modo como foram originalmente interpretadas. Compreender o percurso das transformações artísticas ocorridas no decorrer da história distribuindo-as por uma periodização analítica e compreensiva.
Esta disciplina visa apresentar um panorama da fotografia nos séculos 20 e 21, a partir de suas relações com as artes visuais. Serão abordadas as diferentes transformações ocorridas no estatuto da arte em decorrência da fotografia, assim como a mudança do paradigma fotográfico ocorrida na passagem do moderno para o contemporâneo. Trata-se de uma disciplina teórica, ministrada online, que pressupões leituras prévias para o acompanhamento das aulas. A avaliação será realizada mediante a entrega de quatro exercícios ministrados ao longo do semestre, em datas previamente estipuladas.
Analisar as relações entre o patrimônio histórico e artístico, a educação, a comunicação e os museus sob o ponto de vista da valorização da identidade e memória, do direito e das políticas públicas. Permitir a reflexão sobre o papel da interpretação patrimonial no processo de sensibilização para a preservação do patrimônio. Analisar a informação, a documentação e o registro do patrimônio material e imaterial possibilitando uma comunicação atrativa e eficiente, realizada na presença do objeto. Estimular a compreensão das questões relativas à tradição da interpretação do patrimônio cultural em sua busca pela sinalização do valor único de um determinado bem. Fornecer noções sobre estratégias de preservação do patrimônio cultural.
A partir das principais tendências do acervo do MAC, proporcionar aos alunos a possibilidade de construção de um repertório básico das vanguardas modernistas no Brasil e no exterior, bem como das principais correntes da produção contemporânea brasileira e estrangeira. Além disso, discutir as noções de moderno e modernidade, bem como de contemporaneidade e pós-modernidade que se depreende da historiografia sobre a arte do século XX.
Desenvolver a capacidade de leitura da imagem, do objeto e do elemento artístico, especialmente o musical, construído no tempo e no espaço. Relacionar as transformações nas artes visuais e na música com as modificações operadas na vida social, cultural e política ao longo do período histórico. Contribuir para o enriquecimento e valorização da memória visual dos futuros profissionais, especialmente das artes visuais, do design, da música, das ciências e do patrimônio, tornando-a um instrumento ativo e crítico do processo criativo. Identificar e caracterizar os produtores artísticos e as obras distinguindo as modificações estilísticas, as influências recebidas e o modo como foram originalmente interpretadas. Compreender o percurso das transformações artísticas ocorridas no decorrer da história distribuindo-as por uma periodização analítica e compreensiva.
Analisar as relações entre o patrimônio histórico e artístico, a educação, a comunicação e os museus sob o ponto de vista da valorização da identidade e memória, do direito e das políticas públicas. Permitir a reflexão sobre o papel da interpretação patrimonial no processo de sensibilização para a preservação do patrimônio. Analisar a informação, a documentação e o registro do patrimônio material e imaterial possibilitando uma comunicação atrativa e eficiente, realizada na presença do objeto. Estimular a compreensão das questões relativas à tradição da interpretação do patrimônio cultural em sua busca pela sinalização do valor único de um determinado bem. Fornecer noções sobre estratégias de preservação do patrimônio cultural.