Ajuda com Pesquisar cursos

Pretendemos que, ao final da disciplina, vocês sejam capazes de: a) identificar características e aplicações da Análise Experimental do Comportamento Humano Complexo à luz do Behaviorismo Radical e b) observar, registrar e relatar eventos comportamentais com o instrumental metodológico da Análise Experimental do Comportamento. 

Apresentar e discutir as noções teórico-metodológicas de dialogismo e perspectiva presentes no campo heterogêneo de ideias que caracterizam a psicologia cultural, aprofundando, em especial, implicações dessas noções para a investigação semiótico-cultural de processos culturais em psicologia. Confrontar as noções de perspectiva e dialogismo com proposições que se encontram contemporaneamente na fronteira do construtivismo semiótico cultural em psicologia, colocando em evidência aproximações e afastamentos com abordagens dialógicas e perspectivistas em antropologia. Refletir sobre as possibilidades e os limites da noção de “multiplicação dialógica” para compreensão de relações eu-outro-mundo, ao buscar uma articulação integrativa dos perspectivismos presentes no construtivismo semiótico-cultural e na antropologia americanista. Discutir as implicações das noções trabalhadas no curso para a pesquisa e intervenção no campo da psicologia cultural.

O principal objetivo desta disciplina é promover a reflexão histórico-filosófica sobre a construção do conhecimento psicológico, sobre as práticas psicológicas e sobre problemas envolvidos na formação e no exercício profissional em Psicologia. Essa reflexão terá como base aulas expositivas sobre temas e questões que estiveram presentes desde as origens da Psicologia como campo de saber e que ainda o estão, contemporaneamente, embora revestidas de outras formas e sentidos. Adicionalmente, serão também trabalhados pelos alunos, através de leitura e discussão supervisionadas pelos docentes e monitores, textos de autores fundamentais na construção e discussão sobre aqueles temas e questões.
Capacitar o aluno a: 1- Discriminar os efeitos das diversas drogas de ação central sobre o comportamento; 2- Descrever seus mecanismos de ação em nível bioquímico e em nível de interação com variáveis do ambiente; 3- Analisar hipóteses sobre a função cerebral deduzidas de dados psicofarmacológicos

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP