Ajuda com Pesquisar cursos

- O Sistema Único de Saúde e a Política Nacional de Humanização (HumanizaSUS)
- Os valores norteadores do HumanizaSUS: autonomia e protagonismo dos sujeitos, a co-responsabilidade entre eles, o estabelecimento de vínculos solidários e a participação coletiva.
- Os horizontes normativos do respeito aos usuário, integralidade da atenção, acolhimento e cuidado e suas interfaces com a Enfermagem em Saúde Coletiva.

1. Identificar os diferentes referenciais teórico-filosóficos que embasam as práticas em saúde coletiva. 2. Analisar a gênese e o desenvolvimento histórico do sistema de saúde e da estrutura social no Brasil. 3. Analisar a gênese e o desenvolvimento do saber em saúde coletiva e das práticas de saúde. 4. Compreender as práticas de enfermagem em saúde coletiva articuladas ao processo de produção em saúde, às práticas em saúde coletiva e aos processos de trabalho em saúde. 5. Compreender a Teoria de Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva, apropriando-se dos seus marcos teórico-metodológicos. 6. Discutir as possibilidades de operacionalização da Teoria de Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva.

1. Identificar os diferentes referenciais teórico-filosóficos que embasam as práticas em saúde coletiva.
2. Analisar a gênese e o desenvolvimento histórico do sistema de saúde e da estrutura social no Brasil.
3. Analisar a gênese e o desenvolvimento do saber em saúde coletiva e das práticas de saúde.
4. Compreender as práticas de enfermagem em saúde coletiva articuladas ao processo de produção em saúde, às práticas em saúde coletiva e aos processos de trabalho em saúde.
5. Compreender a Teoria de Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva, apropriando-se dos seus marcos teórico-metodológicos.
6. Discutir as possibilidades de operacionalização da Teoria de Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva.

1. Compreender os processos de desenvolvimento do saber da enfermagem em saúde coletiva articulados aos diferentes referenciais teórico-filosóficos. 2. Interpretar a relação entre o processo de produção em saúde e o processo de produção do conhecimento em saúde coletiva enquanto partes da totalidade social. 3. Analisar criticamente os elementos constitutivos dos diferentes processos de trabalho da enfermagem em saúde coletiva tendo por referência a Teoria de Intervenção Práxica e sua aplicação no processo de investigação.

- Conhecer os fundamentos teórico-filosóficos que embasam a categoria analítica política.
- Analisar as políticas sociais como resposta do estado às necessidades da coletividade
- Discutir a implementação das políticas de saúde no Brasil em contraponto aos processos de produção e de reprodução social e no contexto das políticas globais.
- Analisar as potencialidades e os entraves para o estabelecimento do SUS face às necessidades e o direito à saúde da população brasileira.
- Discutir a especificidade de modelos e programas de saúde prioritários no Brasil.

OBJETIVO GERAL DO MÓDULO Instrumentalizar o estudante de enfermagem a elaborar projetos de intervenção com base nos conceitos e métodos pertinentes ao campo da promoção da saúde . IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO, NESTE MOMENTO DO CURSO. A Promoção da Saúde tem sido destacada como crucial no conjunto das praticas dos profissionais de saúde no SUS, devido a sua relevância na melhorias dos perfis epidemiológicos . Neste momento do curso o estudante poderá resgatar os conteúdos dos semestres 1 e 2 (relativos as necessidades de saúde) e aplicá-los como base para a formulação de um projeto de intervenção em saúde. SITUAÇÕES NOS QUAIS SE FARÁ USO INTEGRADO DOS CONHECIMENTOS ADQUIRIDOS NO PROGRAMA Resgate dos perfis de necessidades, de enfermagem como pratica social e de ações educativas. Possibilidade de reflexão critica dos conteúdos que já desenvolvidos e adensamento a partir das proposições do campo da promoção da saúde. Possibilidade de elaboração de um projeto com base na promoção da saúde que poderá servir de elemento para o TCC, para estágio curricular e para o modulo de AB OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO PROGRAMA X LÓGICA DOS CONTEÚDOS: Referentes à ação docente: Apresentar conceito, histórico e métodos relativos a Promoção da saúde Propiciar uma visão introdutória e lógica sobre Promoção da Saúde no SUS; Instrumentalizar o aluno para a construção de projetos em Promoção da Saúde. Referente à ação discente: Reconhecer os limites e possibilidades das ações de promoção da saúde no SUS Compreender e aplicar os conceitos fundantes do campo da promoção da saúde Elaborar um projeto de intervenção

- Identificar as articulações entre as políticas públicas e de saúde e as formas de intervenção em Saúde Coletiva, na perspectiva da investigação. - Discutir temáticas emergentes em Saúde Coletiva, identificando vulnerabilidades para investigação.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP