A disciplina pretende abordar aspectos teóricos e práticos para o compreensão das respostas metabólicas das algas frente a fatores de estresse, principalmente abióticos, estimulando a integração de conhecimentos para abordagens fisiológicas, bioquímicas e moleculares.

Analisar a diversidade nos grupos de plantas vasculares (traqueófitas). Explorar aspectos da evolução de caracteres morfológicos, químicos e biológicos. Consolidar a compreensão da sistemática das Tracheophyta em um contexto filogenético, usando várias fontes de evidências (dos atributos morfológicos aos macro e micromoleculares). Fornecer meios para reconhecimento dos grupos desde os níveis hierárquicos mais inclusivos (e.g. Lycophyta, Monilophyta, Cycadophyta, Pinophyta, Magnoliophyta) até família em alguns clados (ênfase nas angiospermas).
Apresentar um panorama amplo da diversidade de organismos fotossintetizantes com cloroflia a, fornecendo subsídios para o reconhecimento e caracterização morfológica dos principais grupos e de sua importância biológica e evolutiva, situando-os em contexto filogenético.