Música
Ajuda com Pesquisar cursos
1. Aproximar o aluno do seu aparelho vocal, tanto da expressão falada quanto cantada, em sua expressão individual ou coletiva (coral). 2. Propiciar ao aluno o contato com o repertório coral e seu papel no desenvolvimento da linguagem musical. 3. Propiciar ao aluno a oportunidade de fazer música vocal em conjunto, com o aprendizado técnico do auditivo da realização de parâmetros como: afinação, precisão equilíbrio, fraseado, etc. 4. Instrumentar o aluno para as disciplinas Introdução à Regência Coral I e II, e Regência Coral I e II a serem ministradas em semestres posteriores.
Dirigida aos alunos de bacharelado e licenciatura, pretende fornecer subsídios teóricos e desenvolver habilidades próprias da prática musical como: Prática de conjunto do aluno com seu primeiro instrumento; Dinâmica de ensaio; Noções de técnica vocal aplicada ao canto coral; Prática da leitura à primeira vista (aplicação do "solfejo"); Desenvolvimento da audição polifônica e harmônica; Conhecimento do repertório e da bibliografia específicos. Teorias e Prática da Direção Coral.
Vivências no processo de apresentação pública, envolvendo produção, organização, agendamento, elaboração do repertório, notas de programa, divulgação, infraestrutura etc
Estabelecer uma base teórica para as reflexões e as práticas em educação musical a partir de três troncos temáticos: filosofia da educação musical, sociologia da educação musical e psicologia da educação musical.

 Buscar o entendimento dos processos históricos (culturais) que forjaram os estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem em um respectivo período na tradição da Música Ocidental.  Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.  Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.  Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.

 Buscar o entendimento dos processos históricos dos estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem e seu respectivo período na tradição da Música Ocidental.
 Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.
 Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.
 Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.
 Buscar o entendimento dos processos históricos dos estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem e seu respectivo período na tradição da Música Ocidental.
 Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.
 Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.
 Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.
 Buscar o entendimento dos processos históricos dos estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem e seu respectivo período na tradição da Música Ocidental.
 Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.
 Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.
 Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.
Perceber a realidade educacional do Brasil. - Instrumentar o aluno para o exercício do magistério em todos os níveis. - Refletir sobre o seu próprio processo educacional, sua formação musical e profissional, bem como sobre o papel social da profissão. - Perceber o sentido e a importância da Educação Musical dentro do contexto curricular. - Perceber a criança ou o adolescente como seres capazes , criativos e produtores de cultura.
 Buscar o entendimento dos processos históricos dos estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem e seu respectivo período na tradição da Música Ocidental.
 Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.
 Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.
 Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.
 Buscar o entendimento dos processos históricos dos estilos musicais de tal forma que o aluno possa reconhecer e identificar os elementos que os definem e seu respectivo período na tradição da Música Ocidental.
 Estudar as características gerais da linguagem musical do período através do estudo das contribuições individuais relevantes e da terminologia associada com cada estilo histórico específico.
 Desenvolver o conhecimento da historiografia consagrada pela musicologia contemporânea, assim como perscrutar novos textos publicados em revistas de divulgação científica da área.
 Desenvolver a capacidade de discernimento auditivo de cada estilo.
• Iniciar os alunos dos cursos de Licenciatura e Bacharelado nos procedimentos técnicos da Regência Coral.
• Propiciar aos alunos uma opção de iniciação à Regência Coral como área secundária de sua formação.
• Abrir ao Educador uma área de atuação no campo do canto coletivo, permitindo inclusive que se experimente como liderança musical.
• Fornecer subsídios teóricos e desenvolver habilidades próprias da prática musical como: Prática de conjunto do aluno com seu primeiro instrumento, dinâmica de ensaio, noções de técnica vocal aplicada ao canto coral, prática da leitura à primeira vista (aplicação do "solfejo"), desenvolvimento da audição polifônica e harmônica, conhecimento do repertório e da bibliografia específicos.
• Vivências no processo de apresentação pública, envolvendo produção, organização, agendamento, elaboração do repertório, notas de programa, divulgação, infraestrutura etc

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP