Comunicações e Artes
Ajuda com Pesquisar cursos
Objetivos Gerais: • Propiciar aos alunos, através da síntese das disciplinas no semestre e da participação em atividades extra universidade, entendimento inicial que capacite os discentes a iniciar análise sobre a Educomunicação como campo teórico e situá-lo com relação à vida profissional. • Inserir temas emergentes do permanente progresso que se registra na área da gestão da comunicação, do uso das tecnologias da informação na esfera educativa para atualizar os conteúdos didático-pedagógicos das disciplinas do curso. • Programar com os alunos a participação em atividades acadêmicas, científicas e culturais, que atendam aos objetivos de formação universitária do educomunicador. • Proporcionar aos alunos o contato com quem já faz educomunicação por meio de práticas, vivências e interações. Objetivo Específico: Incentivar a participação em ou a organização de atividades educomunicativas em seus diferentes contextos e aplicações.
A partir da utilização do pensamento racional , discutir a comunicação como objeto de conhecimento, nesse sentido o curso pretende integrar uma visão crítica tanto dos fatos quanto das teorias que tratam do fenômeno da comunicação, tendo como referencial a estrutura e o processo social contemporâneo.
Discutir as questões ontológicas e epistemológicas da comunicação a partir da semiótica proposta pelo filósofo e lógico norte-americano Charles S. Peirce. Mostrar que a comunicação é um processo complexo que articula percepção, cognição e representação para produzir e compartilhar significado no interior de comunidades de interpretantes. Apresentar a doutrina do sinequismo como uma alternativa para tradicional dicotomia entre nominalismo e realismo, e discutir suas implicações para uma possível teoria semiótica da comunicação. Discutir a posição da comunicação dentro da classificação das ciências proposta por Peirce, bem como sua contribuição nas atuais discussões sobre o campo científico da comunicação e suas pretensões de inter e transdisciplinaridade. Discutir a análise peirceana das classes de signos, sua arquitetura e tipologia, mostrando suas aplicações nos fenômenos comunicativos contemporâneos.
A disciplina visa a: a) Ampliar os conceitos e as práticas efetivadas no semestre anterior; b) Conscientizar o aluno quanto às possibilidades de adequação da linguagem verbal aos meios de comunicação; c) Permitir a realização de produtos verbais destinados aos meios de comunicação, levando em conta as pesquisas do semestre anterior, assim como a leitura de textos científicos, literários entre outros de diferentes gêneros.
Entender o contexto e as relações em que está inserida a prática de EaD. Examinar as formas que as tecnologias da informação e da comunicação analógicas e digitais são utilizadas nos projetos de educação à distância. Avaliar o uso educacional de ambientes telemáticos nas redes de educação a distância; Compreender o planejamento de programas de ensino a distância. Elaborar uma proposta de projeto educacional a distância fundamentada nas espeficidades interativas das tecnologias de informação e comunicação.
Propiciar ao discente: O entendimento das relações entre Tecnologia e Mídia; A compreensão dos meios de comunicação de massa como redes de semiose. A discussão da lógica da experiência comunicativa fundamentada na Estética e desdobrada na Ética.
Analisar o desenvolvimento progressivo de formulações teóricas sobre a comunicação de massa, associando-as com os avanços tecnológicos das principais mídias contemporânes que interagem no mercado de produtos culturais.
Compreender a semiótica como lógica da produção do design. Identificar os diferentes tipos de signos e suas possíveis aplicações. Compreender como os signos produzem os sentidos. Entender a semiose como processo de significação no interior de contextos sociais, inclusive nas suas implicações ideológicas.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP