Programação

  • aula 01 - 08/03/2017

    Prezad@s Participantes da ECO 5006  de 2017,

    Bem vind@s ao curso de Ecologia Evolutiva Humana deste ano, em nível de pós graduação.

    Nesta primeira aula foi apresentada uma introdução sobre Ecologia Evolutiva Humana: foco de estudo, origem e comentado sobre interdiscicplinaridade e interfaces de metodologias e referenciais teóricos.

    Encontram-se anexados à presente mensagem, os arquivos de apoio a essa aula:

    - slides usados em aula

    - 3 trabalhos científicos para auxiliar a compreensão introdutória da Ecologia Evolutiva Humana, seu contexto, abordagens e perspectivas de trabalho. 

    (Sugiro a ordem de leitura dos trabalhos: Molina, Lui, Piva-Silva primeiro, depois aos que desejarem resgatar o histórico da EH: Begossi, e posteriormente, mas necessariamente: Bates e Tuker!!)

    Um bom semestre a tod@s nós!

    Cordialmente,

    Silvia

  • 15/3/17 - aula 2

    Prezad@s,

    Em nossa segunda aula começamos nossa revisão de conceitos e processos ecológicos básicos.

    Segue anexado arquivo de apoio com que trabalhamos  nessa aula.

    Segue também texto de apoio de Carmo, Dagnino e Johansen (2014) o qual relaciona conceitos estudados em aula à questão do consumo urbano de água no Brasil.

    Carmo, Dagnino, Johansen  Transição demográfica e transição do consumo urbano de água no Brasil. R. Bras. Est. Pop., Rio de Janeiro, v. 31, n.1, p. 169-190, jan./jun. 2014.

    e: http://exame.abril.com.br/brasil/o-ranking-do-servico-publico-nas-100-maiores-cidades-do-brasil/

    Durante a aula também continuaremos a assistir ao documentário de Sebastião Salgado: O Sal da Terra.

    Cordialmente,

    Silvia



  • aula 3 - 23/3/16

    Prezad@s,

    Na terceira aula concluimos o trabalho com o arquivo iniciado na aula anterior,  revendo conceitos e processos ecológicos básicos.

    Assitimos ao breve documentário: 

    http://www.updateordie.com/2016/06/11/pessoas-se-emocionando-com-sua-real-origem-atraves-do-dna/

    e ao ted talk: https://www.ted.com/talks/geoffrey_west_the_surprising_math_of_cities_and_corporations?language=pt-br

    A questão do início da próxima aula abrangerá uma reflexão sobre esses conteúdos acima descritos e das páginas 11 a 18 do artigo de Carmo, Dagnino e Johansen (2014) anexado à aula passada

    Um cordial abraço,

    SMGM


    • aula 04 - 29/03/2016

      Prezad@s participantes da Eco 5006-2017,

      Na aula dessa semana pretendemos avançar em nossa revisão  sobre ecologia e evolução (arquivo de apoio anexado) e concluir o documentário o Sal da Terra.

      Cordialmente,

      Silvia


    • aula 05 - 05/04/17

      Prezad@s,

      Planejamos finalizar nessa aula conceitos e processos ecológico-evolutivos e uma breve revisão de paleologia (arquivos de apoio anexados).

      Também pretendemos rever a elaboração de projetos e relatórios científicos.

      Um cordial abraço,

      Silvia

    • aula 06 - 19/04/17

      Prezad@s,

      Nesta aula revimos a evolução hominínia em seus aspectos principalmente de biologia e morfologia, bem como possível árvore filogenética. Também assistimos a entrevista com o prof. Valter Neves do IB/USP.

      (Arquivo de apoio anexado)

      Um cordial abraço,

      Silvia

    • aula 07 - 26/04/17

      Prezad@s,

      Nesta aula abordamos o estudo da evolução hominínea  com ênfase na expansão do gênero Homo e em aspectos culturais e assistimos a parte do documentário Walking with Caveman, da BBC de Londres.

      O arquivo de apoio está anexado a esta mensagem.

      Anexo também dois artigos científicos complementares (leitura opcional) sobre neandertais localizado por Felipe Goulart Gonçalvez.

      Cordialmente,

      Silvia 


    • aula 08 - 03/05/17

      Prezad@s,

      Nesta aula, complementamos o estudo da pré-história brasileira e iniciamos nosso estudo das estratégias alimentares humanas do ponto de vista da Ecologia (arquivo de apoio anexado).

      Está anexada a essa aula também a primeira prova escrita que deverá ser devolvida em 17/05.

      E ainda, está anexado como leitura complementar opcional o artigo da Nature referente ao provável recuo de 100 mil anos na ocupação humana da América.

      Cordialmente,

      Silvia 

    • aula 09 - 10/05/2017

      Prezad@s,,

      Nessa aula concluimos nossos estudos sobre estratégias de forrageio, apresentando exemplos de aplicação da teoria no estudo da ecologia alimentar de humanos na América do Sul.

      Em seguida, iniciamos o estudo de Ecologia Cultural em sua interface com a Ecologia Evolutiva Humana. Estudamos modos de produção e modelos de subsistência.

      Os arquivos de apoio estão anexados.

      Cordialmente,

      Silvia

    • aula 10 - 17/05/2017

      Prezad@s,

      Nessa aula estudamos a interface da Ecologia Evolutiva Humana com a Ecologia Cultural: com ênfase nos sistemas de parentesco e residência e como esses se relacionam com os modos de produção.

      O arquivo de apoio utilizado já foi anexado à aula passada.

      Assitimos ao documentário "Camelos também choram", o qual será utilizado na questão do início da próxima aula. Seguem abaixo alguma informações relevantes ao nosso contexto de estudos, relacionadas a este documentáiro. Muito mais informações podem facilmetne ser encontradas na internet.

      -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

      O documentário Camelos Também Choram, de 2003 (vários prêmios além de indicação para o Oscar), foi o “TCC” de seus diretores: Byambasuren Davaa (descendente de pastores mongóis) e Luigi Falorni (italiano). Ambos pretendiam registrar a vida desse modo de produção e modelo de subsistência tão antigo entre humanos. Tudo que foi registrado de fato ocorreu enquanto estiveram entre os pastores.

      O documentário foi inteiramente realizado no deserto de Gobi na Mongólia, onde enfrentaram tempestades de areia que manteve a equipe de filmagens dentro de abrigos por dias e dias seguidos.

      Os pastores nômades filmados lutam com muitas dificuldades além dessas tempestades, como o risco de lobos das estepes devorarem os animais recém-nascidos e o êxodo de jovens. Foi necessária ajuda do governo mongol para localizarem uma família que reunisse quatro gerações ainda vivendo juntas e trabalhando no pastoreio de modo tradicional.

      Janchiv, o patriarca da família, embora ouça rádio, se opõe a inovações como a televisão. Ugna, o pequeno menino que vai ao Centro Aimak deseja trazer a TV para o convívio da família. Seu irmão mais velho, Dude, já foi estudar na cidade, mas solicitou retornar ao convívio da família, decidindo-se por ser pastor e não assumir outra profissão.

      O ritual HOOS cantado por Odgoo reflete o saber tradicional daquele grupo humano, no trato com animais, e também possui correlatos com outros sons associados a outros animais, como ovelhas.

      O próprio instrumento musical tradicional, chamando Morin Khuur, uma rabeca de duas cordas, emite som extremamente parecido com o som dos camelos e é ensinado no Centro Aimak, juntamente com músicas ocidentais tocadas em um instrumento ocidental, como o piano e danças ocidentais. Também se constata que o próprio centro Aimak conter elementos da vida urbana ocidental entrelaçados no cotidiano com elementos tradicionais do local.

      Observamos ainda, evidenciadas nos nomes do elenco, a estrutura familiar e as relações de parentesco no grupo de pastores:

      Os mais idosos:  Janchiv Ayurzana e Chimed Ohin 

      A segunda geração: Amgaabazar Gonson e Zeveljamz Nyam 

      Da terceira geração: Ikhbayar Amgaabazar e Odgerel Ayusch (“Odgoo”)

      Da quarta geração os filhos: 

      Enkhbulgan Ikhbayar – Dude – que já estudou na cidade e retornou

      Uuganbaatar Ikhbayar – o pequeno Ugna que deseja uma TV

      Guntbaatar Ikhbayar – “Guntee”, a menininha que chora bastante durante as filmagens e em diversas cenas fica amarrada pela cintura dentro da habitação típica desses pastores do deserto (yurta)

      --------------------------------------------------------------------------------------------------

      Cordialmente,

      Silvia


      • aula 11 - 24/05/2017

        Prezad@s,

        Nessa aula abordamos:

        - conteúdos sobre sistemas de parentesco

        - o importante assunto da Territorialidade

        - Etnociências, com o destaque da metodologia qualitativa para a coleta de dados.

        Os dois primeiros itens já constam em arquivo anexado em aula anterior.

        O arquivo referente a etnociências encontra-se anexado à presente mensagem.

        Também está anexado um breve arquivo complementar de leitura opcional, sobre os Tipos Psicológicos, de acordo com Jung. Para os que desejarem identificar o próprio tipo psicológico de acordo com essa teoria, o site inspiira.org (dois "is" no inpiira) oferece um teste gratuito de boa qualidade.

        Cordialmente,

        Silvia


      • aula 12 - 31/05/2017

        Prezad@s,

        Nessa aula concluímos nosso estudo sobre etnociências e aprofundamos nossa revisão sobre pesquisa qualitativa e assistimos ao documentário: A grande dança", dos irmãos Foster.

        Segue anexado arquivo de apoio sobre metologia de pesquisa qualitativa.

        Cordialmente,

        Silvia

      • aula 13 - 07/06/17

        Prezad@s,

        Nessa aula estudamos a interação genes, cultura e ambiente sob o ponto de vista da antropologia e como a visão sobre essa interação evoluiu ao longo do tempo na história humana. (arquivos 13a e 13b)

        Em seguida foram apresentados os conceitos báscios relativos à Sociobiologia e à Sociobiologia Revista (arquivo 13c).

        Seguem os arquivos de apoio anexados, lembrando que no arquivo 13b usado em aula, há também conteúdo complementar à aula, de leitura recomendada.

        Cordialmente,

        Silvia


      • aula 14 - 14/06/2017

        Prezad@s,

        Nessa aula abordamos a interação genes cultura como um processo coevolutivo e a psciologia evolutiva (esta noarquivo interfaces-2. Neste arquivo há também dois temas complementares com leitura recomendada: a percepção ambiental e a psicologia ambiental. 

        Também está disponível arquivo sobre epigenética. (Em sala vimos fragmento de palestra com exemplos de epigenética. Nesse arquivo há outros exemplos e a compração da visão clássica da biologia evolutiva com a visão revolucionada pela epigenética).

        Os arquivos de apoio encontram-se anexado.

        Também discutimos a segunda prova. O arquivo da prova e os dois arquivos de slides a serem consultados para a prova encontram-se também anexados.

        Cordialmente,

        Silvia

      • aula 15 - 21/06/2017

        Prezad@s,

        Nessa aula aboradaremos os temas de Biologia Cultural e Media Ecology.

        Os arquivos de apoio estão anexados a essa mensagem.

        Cordialmente,

        Silvia

      • aula 16 - 28/06/2017

        Prezad@s,

        Pretendemos assistir a um filme significativo no contexto da ecologia humana para facilitar a integração de conhecimentos estudados ao longo do curso - e usar como tópico de exemplos e discussões na 2a prova teórica.

        Cordialmente,

        Silvia