Esta é a disciplina de aplicação da base conceitual de Mecânica dos Solos e das Rochas, construída nas duas disciplinas anteriores (I e II), aos problemas de Engenharia Civil. A partir da análise dos condicionantes geológico-geotécnicos, dos modelos de comportamento anteriormente estudados, e da obtenção dos parâmetros geotécnicos pertinentes, apresentam-se os requisitos técnicos para a elaboração de um bom projeto geotécnico, que garanta segurança e economia durante a construção e a operação de muros e contenções, escavações e túneis, obras de estabilização e drenagem de encostas, aterros e barragens. Instrumentação e monitoramento são destacados como itens indissociáveis de um bom projeto geotécnico. Os créditos-trabalho referem-se a visitas a obras e a demonstrações de ensaios de campo e instrumentação de obras. Essas visitas e demonstrações atendem igualmente a diversas outras disciplinas da Engenharia Civil. Atividades de classe, campo e discussão são planejadas de modo a promover atitudes e valores tais como trabalho de grupo, liderança, responsabilidade e ética, bem como habilidades de comunicação textual, gráfica e oral.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP