Motivar a leitura dos grandes mestres da Economia dos séculos XIX e XX (excluindo-se os autores da Economia Política Clássica já estudados em HPEI). Interpretar o significado de cada contribuição à luz do respectivo ambiente histórico-cultural. Também se procura relacionar as formulações teóricas com os preceitos filosóficos subjacentes. Serão contemplados os economistas “pós-clássicos”, notadamente, os três integrantes da Revolução Marginalista (Jevons, Walras e Menger), Marshall e Keynes. Além destes nomes principais, diversos outros serão apresentados, de modo a explicitar a diversidade e a riqueza de contribuições individuais na evolução da Economia moderna.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP