Ajuda com Pesquisar cursos
Propiciar aos alunos informações sobre fundamentos da vigilância de populações de artrópode que atuam como vetores biológicos. Apresentar e discutir os indicadores e metodologias empregadas na vigilância. Realizar discussão conceitual atualizada sobre o controle integrado de artrópodes. Com base nas reflexões sobre o passado e diante das inovações tecnológicas que têm surgido recentemente, procura-se instigar o aluno a uma visão crítica, dos processos e das políticas que permeiam essa esfera. Nesse contexto, levando-se em consideração os aspectos bio-ecológicos dos organismos alvos, a disciplina segue rota abordando os principais problemas de saúde pública e respectivas estratégias de monitoramento ou controle seletivo de seus vetores
Propiciar ao aluno oportunidade para a identificação de grupos de artrópodes vetores das endemias: Oncocercose, Peste, Rickettsioses e Scabiose, bem como de outros grupos que atuam como vetores mecânicos de agravos ao homem: Dipteras e Dictyoptera (baratas) ou como agentes etiológicos de dermatites, intoxições e miíases e ministrar informações sobre a bio-ecologia desses artrópodes e epidemiologia dos agravos e de dos principais de insetos de importância forense.
Ministrar ao aluno informações sobre a bioecologia de Phlebotominae e capacitá-lo para a identificação das espécies, com ênfase para as vetoras de leishmanioses e outras parasitoses e também propiciar ao aluno a obtenção de conhecimentos sobre os componentes do quadro epidemiológico da leishmaniose visceral e das tegumentares, com ênfase para as do Continente Americano, buscando uma análise crítica em relação às medidas de prevenção das mesmas.
Facilitar ao aluno o uso e acesso às bases de dados de interesse para a área de Entomologia, informar sobre as normas de referência e citações no texto e instruir sobre a estrutura dos textos acadêmicos e artigos científicos.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP