GERAL: Discutir e desenvolver capacidade crítica sobre os conceitos relacionados à funcionalidade e a aplicação terapêutica das tecnologias assistivas e de reabilitação. ESPECÍFICO: Discutir as diferentes indicações, métodos de avaliação, inovação e utilização de tecnologia assistiva na prática clínica.
Possibilitar aos estudantes contato com os fundamentos, aplicações e desafios do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (TICS). Propiciar a apreensão do conceitual teórico e metodológico, bem como da infraestrutura tecnológica, necessária para essas aplicações. Propiciar a familiarização dos estudantes com as aplicações em TICS. Propiciar o desenvolvimento de um entendimento crítico sobre ouso das TICS, bem como atitudes voltadas para sua utilização de forma ativa e independente em atividades colaborativas nos diferentes níveis de atenção à saúde.
Oferecer ao aluno um conjunto de conceitos e técnicas relacionados aos sistemas de bancos de dados no sentido de permitir o seu uso de forma efetiva e eficiente em aplicações reais relacionadas aos projetos de pesquisa deste aluno. Para isto, serão introduzidos os principais conceitos de modelagem e implementação de banco de dados e apresentadas as principais abstrações de dados e suas respectivas representações nos modelos lógicos e físicos de dados relacionais. O aluno deverá estudar as técnicas de implementação e projetos de banco de dados para os gerenciadores de dados relacionais e relacionais-objeto, a fim de trabalhar com problemas e necessidades reais de armazenamento, controle e análise de dados para projetos de pesquisa em bioengenharia.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP