Disciplinas do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos
Ajuda com Pesquisar cursos
São objetivos da disciplina: 1. Promover o aprofundamento teórico e empírico sobre as articulações, no interior da política urbana, entre as políticas públicas de habitação e as dinâmicas dos processos de urbanização. 2. Exercitar a compreensão dos instrumentos disponíveis para a implementação de políticas públicas articuladas no campo da habitação e desenvolvimento urbano. 3. Promover a discussão em torno dos processos sociais envolvidos na produção da cidade e da habitação, com aprofundamento da análise comparativa entre a indústria da construção civil e o sistema de ajuda mútua com assistência técnica.
Pretendendo aprofundar a composição de uma abordagem preliminar do Projeto Arquitetônico e Urbanístico, os conteúdos e atividades aqui previstos propõem a instrução de processos de projeto e construção em escala 1:1, levando o aluno a se posicionar frente aos problemas relativos à definição de um partido, à solução estrutural, quanto a opção, quantificação e aquisição de materiais construtivos, bem como a própria execução e implantação do objeto projetado e sua relação com o lugar urbano, tendo em vista a consolidação dos principais aspectos que concorrem na produção do Edifício e da Cidade.
Habilitar o aluno a elaborar proposições tridimensionais, em arquitetura e urbanismo, considerando as dimensões da forma, dos materiais e do significado (sentido e usos).
Tradicionalmente o Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo realiza em cada um dos anos viagens didáticas a sítios urbanos, conjuntos e cidades, especificamente referidos aos conteúdos programáticos do conjunto de disciplinas do ano. Em função do entendimento da importância dessas viagens para a formação e a cultura do arquiteto essas \"viagens de ano\", de duração prolongada, habitualmente realizadas ao Rio de Janeiro, Belo Horizonte/Ouro Preto, Brasília/Goiânia, São Paulo, Curitiba/Porto Alegre, caracterizam-se como ocasiões singulares de integração horizontal entre disciplinas ministradas em um mesmo ano. Nesse sentido, esta proposta visa possibilitar aos alunos o contato com questões arquitetônicas e urbanísticas distintas, em cidades e situações urbanas diversas, de uma forma mais ágil por meio de disciplinas de curta duração. 
Introduzir os recursos da informática postos à disposição dos arquitetos e da sociedade em geral, e como as tecnologias eletrônicas e digitais interferem no espaço, tempo e linguagem da arquitetura. São destacados dois usos da informática: uso individual e uso coletivo ou integrado.
Introduzir os recursos da informática postos à disposição dos arquitetos e da sociedade em geral, e  estudar como as tecnologias eletrônicas e digitais interferem no espaço, tempo e linguagem da arquitetura. São destacados dois usos da informática: uso individual e colaborativo.
Familiarizar o aluno nas técnicas de desenho em ambiente de computador, desenvolvendo capacidade de leitura de desenhos técnicos tendo em vista a visualização espacial. Proporcionar conhecimentos práticos de projeções ortogonais, perspectivas e noções de desenho. Introdução a BIM.
Fornecer instrumental básico para a reflexão e o trato das questões relativas ao projeto urbano, orientadas a partir do contexto de produção da Cidade e das interfaces entre o Urbanismo e as lógicas de produção próprias da Engenharia Civil.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP