Ciência Política
Ajuda com Pesquisar cursos
O objetivo da disciplina é apresentar uma das áreas mais desenvolvidas da ciência política brasileira e internacional: a análise de sistemas eleitorais e partidários. A seleção bibliográfica proposta corresponde à produção mais atualizada disponível em língua portuguesa, além de alguns textos clássicos. O ponto de partida será o confronto entre a teoria clássica e a teoria moderna da democracia, expresso através do conceito de representação política.
O curso tem como objetivo capacitar o aluno a entender as transformações na política internacional contemporânea em dois planos. O primeiro (Parte I) trata de alguns dos principais processos contemporâneos globais: governança global, globalização, ordem e justiça internacional e a democracia no sistema internacional. O segundo plano (Parte II) discute a emergência de atores e movimentos políticos e sociais e transnacionais que motivam uma discussão sobre a possibilidade da existência de uma sociedade civil global, como as migrações internacionais, as redes transnacionais de movimentos sociais e a emergência de temáticas como direitos humanos e meio ambiente.
Introduzir os alunos nas principais vertentes da teoria política normativa contemporânea, sobretudo aquela que floresceu, no contexto intelectual anglo-americano, após a publicação de Uma teoria da justiça, de John Rawls, em 1971. A ênfase será colocada na discussão de teorias da justiça distributiva, na reflexão normativa sobre questões de desigualdade e pobreza, no exame do debate liberalismo-comunitarismo na teoria política recente e nas relações (tal como isso é tematizado na teoria política) entre democracia e justiça social.

Nota de Advertência

 Esta é um curso experimental, exploratório. O título engana. Este não é curso voltado a um público amplo ou visando à formação geral. O público alvo deste curso são os alunos interessados em desenvolver pesquisas. Não é necessário estar pesquisando sobre o tema ou querer fazer mestrado. Ao longo do semestre, discentes deverão levantar material em arquivos (boa parte deles digital). A carga de leitura e a exigência de pesquisa são elevadas. Não há provas. Discentes serão avaliados semanalmente por meio de atividades e fichas de leitura.


                                                                                                             Conteúdo

 

O curso reconstitui a história política brasileira no período 1945-1964. Mais particularmente, estudaremos o nascimento do regime democrático no Brasil a partir da legislação eleitoral.

Comparative politics focuses on comparisons within or between countries, regions, or systems. In this course, we will focus on the links between public opinion, democratic politics, elections and public policy.  Using both country-specific and cross-country analyses, we will discuss key themes, debates and concepts in the literature contrasting insights from empirical work in developed democracies with the emerging literature in developing democracies with particular attention to Latin American democracies. The course will include replications and laboratory exercises based on the analysis of public opinion data.


Países democráticos apresentam taxas mais altas de gastos sociais que países com governos autocráticos? Políticos eleitos têm maior chance de serem reeleitos? Como medir o impacto das políticas públicas? Como avaliar o comportamento eleitoral por estados e regiões? A finalidade principal desta disciplina é introduzir os alunos aos métodos utilizados na ciência política para responder a esse tipo de perguntas. Este é um curso de introdução à analise quantitativa de dados para alunos de graduação em Ciências Sociais. Espera-se que após cursar a disciplina os alunos tenham desenvolvido conhecimentos e habilidades de programação e uso de softwares para a utilização de métodos estatísticos e realização de análises a partir de dados sociais e políticos. Com vistas à formação de professores, o curso tem como objetivos específicos a) aprimorar competências e habilidades relacionadas à expressão em língua portuguesa por meio da realização de atividades de interpretação e análise de textos, imagens e vídeos, bem como de produção textual (verbal e escrita); b) explorar questões, conteúdos, materiais (textos de divulgação, filmes – documentários e ficções –, ensaios fotográficos, reportagens etc.) relacionados ao curso de forma a instrumentalizá-los na capacitação dos alunos como docentes c) estabelecer como rotina o acesso às tecnologias de informação e comunicação na interface do ensino-aprendizagem (por exemplo, uso da plataforma moodle, disponibilização de materiais em nuvem e a exposição de conteúdos com apoio de recursos multimídia.
A disciplina tem a finalidade de apresentar, mediante a leitura e interpretação de fontes primárias e secundárias, uma ordem cronológica e historicamente circunscrita de textos e autores do pensamento político  moderno. Adotam-se como principal eixo temático as noções de governo e Estado, suas relações de diálogo e contraposição com diferentes matrizes conceituais para pensar a realidade social e política. Com vistas à formação de professores, o curso tem como objetivos específicos a) aprimorar competências e habilidades relacionadas à expressão em língua portuguesa por meio da realização de atividades de interpretação e análise de textos, imagens e vídeos, bem como de produção textual (verbal e escrita); b) explorar questões, conteúdos, materiais (textos de divulgação, filmes – documentários e ficções –, ensaios fotográficos, reportagens etc.) relacionados ao curso de forma a instrumentalizá-los na capacitação dos alunos como docentes c) estabelecer como rotina o acesso às tecnologias de informação e comunicação na interface do ensino-aprendizagem (por exemplo, uso da plataforma moodle, disponibilização de materiais em nuvem e a exposição de conteúdos com apoio de recursos multimídia.
O objetivo central do curso é a apresentação de algumas obras fundadoras das correntes centrais do pensamento político moderno - aquele que nasce como reflexão sobre a nova ordem política e social criada pelas revoluções burguesas e acompanha a ascensão da democracia representativa à condição de principal forma de governo no Ocidente. Com vistas à formação de professores, o curso tem como objetivos específicos a) aprimorar competências e habilidades relacionadas à expressão em língua portuguesa por meio da realização de atividades de interpretação e análise de textos, imagens e vídeos, bem como de produção textual (verbal e escrita); b) explorar questões, conteúdos, materiais (textos de divulgação, filmes – documentários e ficções –, ensaios fotográficos, reportagens etc.) relacionados ao curso de forma a instrumentalizá-los na capacitação dos alunos como docentes c) estabelecer como rotina o acesso às tecnologias de informação e comunicação na interface do ensino-aprendizagem (por exemplo, uso da plataforma moodle, disponibilização de materiais em nuvem e a exposição de conteúdos com apoio de recursos multimídia

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP