Psicologia Experimental
Ajuda com Pesquisar cursos
Expor e discutir as raízes histórico-filosóficas e as noções principais de um campo contemporâneo de investigações em psicologia cultural, o construtivismo semiótico cultural, bem como suas implicações para a formação em psicologia, incluídos os aspectos da atuação e da ética profissionais.
A disciplina visa explorar as preferências e escolhas de parceiro românticos, e o comportamento sexual em humanos segundo teorias e pesquisas empíricas recentes com base na abordagem evolutiva. Assim, os alunos serão informados sobre as tendências atuais na pesquisa sobre a sexualidade humana e pretende-se que os alunos sejam capazes O objetivo principal do curso é expor os alunos às explicações evolucionistas para as semelhanças e variações individual e intercultural na atração humana, estratégias reprodutivas e sexualidade. Assim, os alunos serão informados sobre as tendências atuais na pesquisa sobre a sexualidade humana, e pretende-se que os alunos sejam capazes de articular argumentos evolutivos, incluindo fatos biológicos e socioculturais, sobre vários tópicos do comportamento humano sexual. Finalmente, artigos empíricos recentes ou clássicos sobre sexualidade humana serão discutidos.
: Propiciar ao aluno a oportunidade de dar continuidade ao estudo do comportamento animal iniciado nas disciplinas Etologia e Motivação e Emoção, adotando uma abordagem voltada para a integração entre as perspectivas da Psicologia Comparativa, da Etologia e da Ecologia Comportamental. Capacitá-lo a usar e interpretar dados de observação direta e de experimentação a respeito de comportamento animal e a avaliar conhecimentos recentes na área em termos de um esquema teórico integrado.
A disciplina visa dar continuidade ao conteúdo desenvolvido na disciplina obrigatória Etologia, aprofundando a aplicação da perspectiva evolucionista ao estudo do comportamento e às práticas de Psicologia, além de exercitar a metodologia etológica de pesquisa e análise de dados.
O principal objetivo desta disciplina é promover a reflexão histórico-filosófica sobre a construção do conhecimento psicológico, sobre as práticas psicológicas e sobre problemas envolvidos na formação e no exercício profissional em Psicologia. Essa reflexão terá como base aulas expositivas sobre temas e questões que estiveram presentes desde as origens da Psicologia como campo de saber e que ainda o estão, contemporaneamente, embora revestidas de outras formas e sentidos. Adicionalmente, serão também trabalhados pelos alunos, através de leitura e discussão supervisionadas pelos docentes e monitores, textos de autores fundamentais na construção e discussão sobre aqueles temas e questões.
1. Preparar o aluno de Psicologia para lidar com problemas da prática clínica relacionados ao uso de drogas psicoativas. Nessas drogas incluem-se as utilizadas com finalidade terapêutica bem como as drogas de abuso. 2. Introduzir o aluno na análise dos aspectos biológicos eventualmente envolvidos em distúrbios psicológicos.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP