Ajuda com Pesquisar cursos

1) Objetivo geral:

Efetuar práticas de proteção à exposição de agentes infecciosos e transmissíveis, voltadas aos usuários e trabalhadores, particularmente os da área da saúde e reconhecer outros riscos ocupacionais (físicos, químicos e outros).


2) Objetivos Específicos:

Aluno:

• Reconhecer o potencial de transmissibilidade e infectividade de patógenos nas suas diversas fontes;

• Identificar situações de exposição, particularmente de trabalhadores e usuários de serviços de saúde aos riscos biológicos e os agravos relacionados a essa exposição;

• Descrever as práticas de proteção a agentes infecciosos;

• Reconhecer e utilizar as recomendações, ações e fluxos na ocorrência de exposição ao risco biológico;

• Utilizar medidas de proteção ao risco biológico (vacinação, uso de equipamentos de proteção, outras condutas), inclusive na realização das atividades práticas; 

• Identificar outros riscos ocupacionais no cuidado de enfermagem.


Docente:

• Estimular a capacidade crítico-reflexiva do aluno para reconhecer o potencial de transmissibilidade e infectividade de patógenos nas suas diversas fontes;

• Oportunizar experiências de aprendizagem visando o desenvolvimento de

competências relacionadas à prevenção da exposição ao risco biológico nas

diferentes situações do cuidado de enfermagem.

  • Bases teóricas e conceituais para a avaliação de indivíduos e de famílias como etapa do processo de enfermagem.
  • Métodos e Instrumentos para a avaliação da criança, do adulto, do idoso e da família.
  • Avaliação fisiológica, funcional, nutricional e psicossocial de indivíduos e avaliação estrutural, funcional e de desenvolvimento de famílias para a identificação de necessidades para a intervenção de enfermagem no processo saúde-doença.
  • Introdução ao raciocínio clínico.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP