A disciplina tem por objetivo capacitar o aluno a refletir e posicionar-se criticamente diante das apropriações do patrimônio cultural pelo turismo e a entender a construção social deste conceito. Em particular, busca-se discutir a relação das políticas de patrimônio cultural imaterial e suas interfaces o turismo, tendo por referência convenções internacionais, experiências brasileiras de salvaguarda e a análise de bens culturais imateriais já inseridos ou passíveis de inserção no mercado turístico.


e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP