Biodinâmica do Mov Corpo Humano
Dar conhecimento aos alunos dos processos bioquímicos nos sistemas biológicos envolvidos no exercício físico agudo e crônico.
Dar aos alunos conceitos atuais de fisiologia do exercício e discutir os mecanismos envolvidos nas adaptações fisiológicas, agudas e crônicas, ao exercício físico. Nessa segunda disciplina serão abordados temas relativos aos sistemas cardiopulmonar, endócrino e termorregulador, bem como as adaptações ao exercício realizado em condições ambientais adversas.
Estudar a utilização do exercício físico na prevenção e tratamento de doenças crônico-degenerativas, discutindo as limitações, os benefícios e a prescrição adequada. Preparar o profissional da área de atividade motora para a atuação em equipes de saúde multidisciplinar e para a atuação como treinadores pessoais com pessoas portadoras de doenças crônico-degenerativas.
Apresentar e discutir conceitos básicos em genética humana, bem como a aplicação desses conceitos à área de Educação Física e Esporte e o conhecimento atual sobre as mais importantes variantes genéticas que exercem influência sobre o desempenho físico e esportivo, aptidão física e saúde.
Ao final da disciplina, espera-se que o aluno seja capaz de analisar casos clínicos, a) Identificando as doenças e fatores de risco cardiovascular presentes, conhecendo suas características fisiopatológicas, sua prevalência, seu diagnóstico e prognóstico; b) Ponderando criticamente os riscos e benefícios do exercício físico aeróbico e resistido, em função das características deste exercício, como intensidade, duração, etc; c) Elaborando uma prescrição individualizada de exercícios físicos para a prevenção e reabilitação cardiovascular; incluindo a triagem, avaliação, prescrição e execução do programa proposto.
Propiciar aos alunos conhecimentos básicos sobre a importância e correta utilização de testes e medidas para a Avaliação Física, Funcional e da Atividade Motora, necessários para o profissional da Educação Física e Esporte.
Fazer com que os alunos tenham condições de prestar os primeiros socorros ao acidentado, visto que, na prática de exercícios físicos, o futuro profissional poderá enfrentar situações em que tenha que prestar socorro a seu aluno ou cliente, seja ele criança, adulto ou idoso. Para tanto, o aluno deverá conhecer os princípios e as técnicas de atendimento de emergência em diferentes situações.
Propiciar aos alunos do Bacharelado em Educação Física e Esporte, conhecimentos básicos de Fisiologia do Exercício, discutindo as adaptações fisiológicas agudas e crônicas ao exercício físico, bem como, os mecanismos responsáveis por essas adaptações. Em Fisiologia da Atividade Motora I, será dada especial atenção a fisiologia muscular, nervosa e cardiovascular. Ao concluir a disciplina, o aluno deve ter adquirido conhecimentos abrangentes e estar capacitado a relacionar fisiologia do exercício às outras disciplinas do currículo.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP