Estudar o desenvolvimento e uso de tecnologias educacionais pró-ativas e inovadoras dirigidas à educação permanente e formação de recursos humanos em enfermagem.

Instrumentalizar os alunos para realização de pesquisas em segurança do paciente. Analisar dados epidemiológicos em relação à segurança do paciente no mundo e no Brasil; Definir os principais conceitos da segurança do paciente; Discutir as prioridades nas pesquisas e as estratégias de investigação em segurança do paciente; Analisar referenciais teóricos/metodológicos nas pesquisas em segurança do paciente; Discutir a aplicação de referenciais teórico/metodológicos nas pesquisas em segurança do paciente; Discutir os principais desafios na transferência do conhecimento para a prática, no que diz respeito as pesquisas em segurança do paciente; Descrever e analisar o ciclo das pesquisas em segurança do paciente proposto pela Organização Mundial da Saúde.

Analisar criticamente a conformação das políticas de saúde na sociedade brasileira em diferentes períodos históricos do século XX e XXI. Discutir a participação e contribuição dos profissionais da saúde, da sociedade civil e estado, na formulação e direcionamento das políticas de saúde

1. Identificar, discutir e analisar o planejamento didático do ensino superior, destacando o projeto pedagógico, as estratégias de ensino e recursos audiovisuais aplicados à Enfermagem. 2. Reconhecer e aplicar as abordagens pedagógicas utilizadas na prática acadêmica, assistencial e científica da Enfermagem, tendo em vista as pedagogias: tradicional e contemporânea. 3. Apresentar, analisar e discutir projetos fundamentados nas diferentes abordagens pedagógicas, tendo em vista a postura do professor reflexivo na sua prática doente no processo de ensino-aprendizagem, tendo em vista a relação interativa do educador e do educando nesse processo, destacando a pedagogia crítico-social.

e-Disciplinas - Ambiente de apoio às disciplinas da USP